Bahia vence América-MG e se afasta da zona de rebaixamento

Do UOL, em Belo Horizonte

Fechando os jogos deste sábado no Brasileirão, o Bahia recebeu o América-MG na Fonte Nova e fez o suficiente para vencer por 1 a 0 e sair com uma vitória importante que afasta o Tricolor da zona do rebaixamento. O único gol da noite foi marcado pelo atacante Gilberto, no início do segundo tempo.

A partida marcou o reencontro de Enderson Moreira com o América. Treinador do clube por quase dois anos e campeão da Série B de 2017, o técnico deixou o Coelho para assumir o Bahia durante a pausa para a Copa do Mundo.

Com o resultado, o Bahia respira na tabela, vai aos 21 pontos e dorme no 11º lugar colado com o América, que está uma posição acima com os mesmos pontos, mas uma vitória a mais. Na próxima rodada, o Tricolor visita o Cruzeiro, enquanto o Coelho recebe o Fluminense.

Quem foi bem

Vinícius perdeu um gol já no final da partida que poderia aumentar a vantagem baiana. Apesar da ótima defesa de João Ricardo, o meia do Bahia terminou o jogo como um dos grandes nomes do Tricolor, bem nos duelos contra a defesa mineira e eficiente na organização. Méritos também para Gilberto, autor do gol e que voltou bastante para ajudar na marcação e construção das jogadas.

Bahia domina, mas exagera nos cruzamentos e ameaça pouco

O Bahia apresentou mais domínio durante o primeiro tempo. Marcando alto, a equipe ficou mais tempo com a bola e apertou a saída dos visitantes, mas demorou a transformar a pressão em boas oportunidades. A primeira delas só saiu com mais de meia hora. Fora isso, o time exagerou nos cruzamentos para a área e levou a pior contra a alta zaga mineira na maioria dos lances.

América valoriza a posse e é inofensivo

Não foi só a marcação alta do Bahia que interferiu na saída de bola do América. O time apresentou uma postura de valorizar a posse e pouco chegou ao ataque. Foram apenas duas ações ofensivas, mas nenhuma em direção à meta do goleiro Anderson, que foi mero espectador na etapa inicial.

João Ricardo dá rebote e Bahia sai na frente

O segundo tempo começou com o mesmo cenário da etapa inicial, com o Bahia dominando as ações e procurando o jogo aéreo. Mas dessa vez a equipe levou a melhor pelo alto e conseguiu marcar. Tiago ganhou de Messias, e João Ricardo bateu roupa quando tentou encaixar a cabeçada do zagueiro. No rebote, Gilberto ficou com a sobra e mandou para as redes. 1 a 0.

América-MG acorda para o jogo, mas reação começa tarde demais

Só depois de ter levado o gol que o América resolveu ser mais audacioso em campo. A primeira boa oportunidade do jogo saiu aos 15 minutos do segundo tempo. O chute de Ruy saiu  com curva de fora da área, mas contou com a contribuição do goleiro Anderson, que quase aceitou. Em outro lance, o goleiro saiu mal do gol e não conseguiu afastar a bola, mas Giovanni pegou mal demais e isolou. Em desvantagem, o Coelho permaneceu buscando a igualdade, mas não teve forças nem tempo suficiente para arrancar um ponto fora de casa. 1 a 0 placar final.

Adilson Batista perde a invencibilidade no América

Adilson Batista assumiu o clube mineiro na 15ª rodada e ainda não sabia o que era derrota. Antes de perder o jogo na Fonte Nova, o time já havia conseguido vitórias maiúsculas contra Internacional e Santos, além de um empate diante do Palmeiras.

BAHIA 1x0 AMÉRICA-MG

Motivo: 18ª rodada do Brasileirão
Data/Hora: 11/08/2018, às 19h (de Brasília)
Local: Fonte Nova, em Salvador (PE)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (PE)
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)

GOL: Gilberto, 9'2ºT (1-0)
Cartões amarelos: Tiago (BAH), Wesley, Renan Oliveira, Leandro Donizete, Messias (AME)
Cartão vermelho: Não teve.

BAHIA: Anderson; Bruno (Nino Paraíba - 17'2ºT), Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Flávio, Elton, Vinicius e Zé Rafael (Régis - 37'2ºT); Edigar Junio e Gilberto (Élber - 25'2ºT). Técnico: Enderson Moreira.

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Paulão (Renan Oliveira - 17'2ºT), Messias, Matheus Ferraz; Juninho, Leandro Donizete, Wesley (Judivan - Intervalo), Gerson Margrão (Matheusinho - 37'2ºT) e Carlinhos; Giovanni e Ruy. Técnico: Adilson Batista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos