Atlético-MG vence com 2 de R. Oliveira e Santos pode ir para zona da degola

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

Muito pressionados por causa de recentes resultados ruins, Atlético-MG e Santos se enfrentaram nesta manhã de Dia dos Pais no Independência. Em uma partida quente (em campo e na temperatura) e com boas oportunidades para os dois lados, os donos da casa construíram a vitória por 3 a 1 e aumentaram ainda mais a pressão para o time de Cuca, que ainda não venceu depois da Copa (oito jogos, quatro sob o comando do técnico).

Os gols do jogo foram marcados por Elias, pelo Galo, e Gabriel, pelo Santos, ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Ricardo Oliveira recolocou os anfitriões na frente e garantiu a vitória no Horto com dois gols. Com o resultado, o Atlético volta a vencer após resultados ruins e vai aos 30 pontos. Do outro lado, o Santos permanece com 18, mas pode terminar a rodada na zona do rebaixamento, dependendo dos resultados da Chapecoense e do Atlético-PR.

Sem outras disputas pela frente, o Atlético tem agora uma nova semana inteira de trabalho e só volta a jogar no domingo que vem contra o Botafogo no Engenhão. O Santos permanece em Belo Horizonte e vai tentar sobreviver na Copa do Brasil diante do Cruzeiro, na quarta-feira. Pelo Brasileirão, receberá o Sport no próximo sábado.

Quem foi bem: autor de dois gols diante do seu ex-clube, Ricardo Oliveira acabou virando o cara da partida. Sempre participativo e contribuindo na marcação, o atacante foi quase impecável nas oportunidades recebidas. O primeiro gol quase saiu na etapa inicial, mas o camisa 9 ainda deixaria sua marca no segundo tempo com dois gols muito importantes. Pelo lado do Santos, menção ao garoto Rodrygo. Rápido nas jogadas individuais, deu trabalho à zaga atleticana e também foi perigoso na organização das jogadas. Apesar de ter perdido a bola no segundo gol dos anfitriões, foi um dos melhores do Peixe.

Roubada de bola termina em gol na primeira finalização do Galo

O Atlético começou o jogo melhor, mas nem exercia tanta pressão quando abriu o placar em seu primeiro chute. O mérito da jogada foi de Tomás Andrade, que roubou a bola no meio-campo e entregou para Elias. Alison deu espaço para a finalização e o volante atleticano bateu forte para encontrar o canto direito de Vanderlei ainda antes dos 10 minutos de partida.

Garoto Rodrygo vira protagonista e organiza jogada do empate

O Santos não aparentou sentir o baque após levar o gol e esboçou uma reação imediata. O garoto Rodrygo foi quem representou os maiores perigos da equipe, seja em jogadas individuais ou tentando encontrar seus companheiros de ataque. Aos 26, ele se infiltrou na área e tentou finalizar cruzado. Na sobra, Bruno Henrique escorou para Gabigol deixar tudo igual.

Ex-Chelsea dá cartão de visita como titular no Galo

Pela primeira vez escalado como titular, Nathan apresentou momentos de inspiração e timidez na criação do time, setor carente no meio-campo do Galo. Acostumado a ter somente Cazares como principal organizador, o garoto emprestado pelo Chelsea surge como opção para exercer a função. Em uma jogada individual na entrada da área, quase recolocou o time mineiro em vantagem.

Necessidade da vitória melhora cenário do jogo

Com o placar aberto e as duas equipes precisando da vitória, os times começaram a se lançar ao ataque, fazendo surgir mais espaços em campo. O Santos ameaçou em um contra-ataque com Rodrygo e pediu pênalti em um lance com Gabriel. O Atlético respondeu com Chará, em boa troca de passes com Ricardo Oliveira.

Ricardo Oliveira revê Santos, carimba o travessão e mata a partida

Ricardo Oliveira reencontrou o Santos pela primeira vez desde a sua saída. Mesmo sem ter marcado o primeiro gol, ele preferiu não comemorar o feito de Elias devido ao respeito que tem pelo ex-clube. Ainda no primeiro tempo, ficou bem próximo de balançar as redes, mas Vanderlei deu uma resvalada providencial na bola, que ainda tocou o travessão. Na etapa final, foi certeiro em uma nova cabeçada e garantiu a vitória após o bom cruzamento de Cazares. No final do jogo, ainda deu tempo de outro gol do artilheiro, que marcou em novo contra-ataque e fechou a conta. 3 a 1 placar final.

Homenagens aos pais nas camisas e arquibancada

Bruno Cantini/Atlético-MG

Abaixo do patrocinador master, os uniformes do Atlético levaram palavras escolhidas pelos atletas que definem o que é paternidade. Exemplo, espelho, amor e parceria foram algumas delas. Antes de rolar a bola, a torcida também exibiu um mosaico com a palavra Pai. A apresentação não ficou das melhores, já que, apesar de esgotados os ingressos, muitos torcedores chegaram em cima da hora e ainda estavam do lado de fora.

Cuca reencontra Atlético e palco de grandes emoções

A partida também foi marcada pelo reencontro de Cuca com o Atlético. Hoje treinador do Peixe, o técnico comandou o Galo na conquista da Libertadores de 2013 com altas doses de emoção, principalmente no Horto, palco do jogo. Antes da partida, jogadores do Atlético como Leonardo Silva e Victor, além do médico Rodrigo Lasmar, presentes naquela campanha, foram ao encontro ao treinador do Santos.

ATLÉTICO-MG 3x1 SANTOS

Motivo: 18ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data/Hora: 12/08/2018, às 11h (de Brasília)
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Rodrigo D'alonso Ferreira (SC)
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

GOLS: Elias, 7'1ºT (1-0); Gabigol, 26'1ºT (1-1); Ricardo Oliveira, 25'2ºT (2-1); Ricardo Oliveira, 49'2ºT
Cartões amarelos: Elias, Maidana (CAM)
Cartão vermelho: Não teve.
Público/Renda: 22.062 pagantes/R$369.140,00.

Atlético-MG: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Hulk; José Welison, Elias (Mateus Galdezani - 44'2ºT); Nathan (Luan - 15'2ºT), Tomás Andrade (Cazares - Intervalo), Yimmi Chará; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Lucas Veríssimo e Dodô; Alison (Yuri Alberto - 31'2ºT), Diego Pituca e Jean Mota (Léo Cittadini - 16'2ºT); Rodrygo, Gabigol e Bruno Henrique (Copete - 17'2ºT). Técnico: Cuca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos