Topo

Esporte


Cássio falha, Corinthians leva gol no fim e perde para Chapecoense

Do UOL, em Santos (SP)

2018-08-12T17:57:52

12/08/2018 17h57

Uma vitória para entrar para a história. Com um gol nos acréscimos, a Chapecoense bateu o time reserva do Corinthians, de virada (2 a 1), e assim conquistou o seu primeiro triunfo sobre o adversário dentro da Arena Condá. Marquinhos Gabriel abriu o placar, mas Diego Torres (de falta após lance polêmico com Cássio) e Doffo viraram a partida de forma emocionante.

Um lance polêmico marcou a partida. Na metade do segundo tempo, Cássio pegou a bola com a mão ainda fora da área – apesar de cair dentro dela – e o assistente assinalou a falta. A Chape reclamou bastante pedindo a expulsão do goleiro que, na sequência, sequer viu a bola em cobrança de falta perfeita de Diego Torres. Já no minuto final, Doffo aproveitou rebote do próprio Cássio para conquistar o triunfo.

Com o resultado, o Corinthians estaciona nos 26 pontos e perde a chance de assumir, ao menos temporariamente, a zona de classificação para a Libertadores. Já a Chapecoense vai a 21, dá um salto na tabela (assume o 13º lugar) e joga o Santos para a zona de rebaixamento.

Corinthians e Chapecoense agora voltam a se enfrentar na quarta-feira, de novo na Arena Condá, às 21h45 (de Brasília), no segundo jogo das quartas de final da Copa do Brasil. Na partida de ida, na Arena Corinthians, o time paulista venceu por 1 a 0.

O melhor: Mateus Vital

Foi uma das principais armas ofensivas do Corinthians. Por pouco não marcou um bonito gol na etapa inicial - bola carimbou o travessão - e outro já nos acréscimos, de fora da área, que Jandrei salvou.

O pior: Victor Andrade

Começou bem a partida, mas caiu de produção e acabou substituído no segundo tempo.

Gol em homenagem a Vilson

Em apenas cinco minutos, Marquinhos Gabriel aproveitou rebote de cabeçada de Roger – após boa jogada e cruzamento de Clayson – e completou para as redes. Na comemoração, foi até o banco de reservas e dedicou o gol a Vilson, zagueiro que voltou a ficar no banco do Corinthians depois de um ano e meio. Sua última partida foi em fevereiro de 2017, em amistoso, e desde então vinha se recuperando do joelho.

Corinthians pressiona e Chape reage. Mas nem tanto

O Corinthians começou o jogo em cima da Chapecoense, e assim dominou os primeiros minutos da partida até chegar ao gol. Em seguida, passou a administrar a partida, tocando mais bola, e, aos poucos, a Chapecoense conseguiu começar a assustar o gol de Cássio, especialmente com bolas aéreas – aproveitando falhas do setor defensivo do time paulista. Mas não demorou para o Corinthians voltar a tomar conta do jogo e pressionar, até carimbando o travessão.

Está certo? Juiz marca mão de Cássio fora da área e Chape empata

Reprodução/Premiere FC
Imagem: Reprodução/Premiere FC
Um lance mais que polêmico marcou a metade do segundo tempo na Arena Condá. Após lançamento do goleiro, Cássio saiu da área e pegou a bola, segundo o assistente, fora dela. A infração foi marcada e a Chape reclamou muito do fato de o juiz ter mostrado apenas amarelo ao goleiro. Na cobrança de falta, quase na linha, Diego Torres marcou um belo gol.

Contra-ataque fatal da Chapecoense

O empate já parecia certo, mas aos 49min do segundo tempo a história mudou após um belo contra-ataque da Chapecoense. Márcio Araújo cruzou, Cássio rebateu e, no rebote, Doffo completou para as redes para marcar o seu primeiro gol pela Chape.

Atleta da Chape é expulso do banco de reservas

Reprodução
Imagem: Reprodução
Jogador da Chape, Barreto não entrou em campo, mas mesmo assim acabou expulso. Ele foi colocado para fora pelo árbitro por reclamação, ainda no primeiro tempo.

Chape vence a 1ª contra o Corinthians na Arena

O Corinthians era até este domingo o único time que ainda não havia perdido dentro da Arena Condá. Era. Com o gol nos acréscimos, a Chape venceu o adversário dentro de casa pela primeira vez após nove confrontos.

Araos vai bem em estreia como titular

O jovem meia chileno Ángelo Araos ganhou neste domingo a sua primeira chance como titular com a camisa do Corinthians. E deu conta do recado. Apareceu muito bem no primeiro tempo e deu uma bela assistência para um quase gol de Clayson.

Clayson joga água em torcedora

Reprodução/Premiere
Imagem: Reprodução/Premiere
Após ser substituído no segundo tempo, Clayson se irritou, pegou uma garrafinha e jogou água numa torcedora da Chapecoense que estava atrás do banco.

O Gordiola voltou!

Substituto de Gilson Kleina, o técnico Guto Ferreira fez a sua reestreia pela Chapecoense. Em sua primeira passagem, conquistou o Campeonato Catarinense de 2016. Ao entrar em campo, foi bastante aplaudido pela torcida presente na Arena Condá. “Um momento importante e emocionante, esse carinho que sempre teve aqui em Chapecó”, disse antes do jogo.

CHAPECOENSE 2 X 1 CORINTHIANS

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 12/08/2018 (domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: João Luiz Coelho (RJ) e Thiago Henrique Farinha (RJ)
Público: 10.070 pessoas
Renda: R$ 324.005,00
Cartões amarelos: Leandro Pereira (Chapecoense); Cássio e Marquinhos Gabriel (Corinthians)
Cartão vermelho: Barreto (reserva da Chapecoense)
Gols: Marquinhos Gabriel, aos 5 minutos do primeiro tempo, Diego Torres, aos 24, e Doffo, aos 49 minutos do segundo tempo

CHAPECOENSE
Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Amaral, Victor Andrade (Bruno Silva), Yann Rolim (Doffo) e Diego Torres (Canteros); Leandro Pereira
Técnico: Guto Ferreira

CORINTHIANS
Cássio; Mantuan, Léo Santos, Marllon e Carlos Augusto; Gabriel, Araos, Marquinhos Gabriel (Ralf), Mateus Vital e Clayson (Pedrinho); Roger (Emerson Sheik)
Técnico: Osmar Loss

Mais Esporte