Atlético-MG e Vasco criam chances, vacilam na pontaria e empatam sem gols

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

Atlético-MG e Vasco não saíram de um empate sem gols - 0 a 0 - na noite desta quinta-feira (23), pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Chances não faltaram para os dois lados. Foram 15 finalizações para o mandante e 11 para o visitante, mas as boas defesas de Victor e Martín Silva e a falta de pontaria impediram um resultado melhor.

Com o placar, o Galo cai para a sexta colocação do Campeonato Brasileiro, com 34 pontos ganhos. O time fica muito distante do líder São Paulo, com 42, mas ainda tem boa vantagem sobre o Cruzeiro, sexto colocado, com 27. O time carioca, por sua vez, está na 14ª posição do torneio, com 21 pontos, dois a mais que o Vitória, primeiro da zona de rebaixamento e dois jogos a menos.

O melhor: Nathan se movimenta, cria jogadas e leva perigo

Nathan foi o grande nome do jogo ocorrido na noite desta quinta-feira no Independência. O meia-atacante que está por empréstimo no Galo fez o terceiro jogo como titular e deu indícios de que pode suprir a carência no meio de campo. Com passes que cortaram a defesa e chutes de longa distância, o jogador foi o principal nome do time comandado por Thiago Larghi no duelo válido pela 20ª rodada do Brasileirão.

O pior: Maidana é presa fácil para o ataque do Vasco

Iago Maidana não fez um jogo tão seguro no estádio Independência na noite desta quinta-feira. O zagueiro cometeu erros durante o confronto e permitiu que Maxi López e companhia tivessem liberdade suficiente para chegar ao ataque. Em um dos lances, foi facilmente driblado pelo argentino e obrigou Matheus Galdezani a fazer falta, recebendo cartão amarelo. No segundo tempo, o defensor deu brecha para Wagner fazer boa jogada pelo lado esquerdo do sistema defensivo. Maxi López voltou a se aproveitar dos erros do atleta para levar perigo à meta defendida por Victor.

Maxi López aparece bem e acerta a trave de Victor

Contratado para ser o homem-gol do Vasco em 2018, Maxi López ainda não desencantou pelo clube. O atacante chegou ao terceiro jogo na equipe de São Januário e não marcou nem um gol sequer em sua passagem por São Januário. Na partida desta quinta-feira, contudo, o jogador teve uma atuação digna de elogios. Com muita movimentação, aproveitou os erros de Maidana para levar perigo à meta de Victor. Em um dos lances, exigiu boa defesa do goleiro. A bola ainda pegou no poste esquerdo do camisa 1.

Após cobrar reconhecimento, Luan é pedido por torcida

Depois de cobrar reconhecimento no clube com o gol marcado diante do Botafogo, no Engenhão, na rodada passada, Luan teve o nome gritado pela torcida aos quatro minutos do segundo tempo. Ele voltou a ser pedido pelos atleticanos aos 11 minutos. Pouco tempo depois, aos 12, o técnico Thiago Larghi o chamou para colocá-lo em campo. O problema é que ele entrou na vaga de Nathan, principal nome do Atlético na primeira etapa do confronto.

Destaque do Vasco, Pikachu some em campo

Yago Pikachu é o principal nome do Vasco na temporada. O lateral direito que costuma atuar como meio-campista, no entanto, não fez um jogo convincente na noite desta quinta-feira, diante do Atlético-MG, no estádio Independência. Pelo contrário. Sumido em campo, o jogador deu apenas um chute contra a meta de Victor. Em cobrança de falta, ele mandou a bola raspando o travessão do adversário.

Vinícius Araújo entra como ponta esquerda

Acostumado a jogar como centroavante desde a base do Cruzeiro, Vinícius Araújo entrou em uma posição distinta na partida desta quinta-feira. Acionado pela terceira vez por Valdir Bigode, o atleta de 25 anos substituiu Wagner no segundo tempo de jogo e atuou como ponta esquerda. Em sua primeira jogada, ele teve a incumbência de marcar uma ação ofensiva de Emerson.

Atlético-MG leva seu melhor público ao Independência

Em seu 200º jogo no estádio Independência, o Atlético-MG quebrou o seu recorde de público no local. Segundo a divulgação da assessoria de comunicação, 22.452 torcedores compareceram à arena. O público é o melhor do Galo no campo atualmente. Antes disso, a sua maior marca era de 22.411, na final do Campeonato Mineiro 2017, diante do Cruzeiro. O melhor público, no entanto, é do jogo entre América-MG e CRB, pela Série do Brasileirão. Na ocasião, 22.481 americanos foram ao local.

Ficha técnica
Atlético-MG x Vasco

Motivo: 20ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 23 de agosto de 2018 (quinta-feira)
Horário: às 20h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa/SC) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)

Cartão amarelo: Matheus Galdezani, Leonardo Silva (Atlético-MG); Wagner, Matíns Silva, Vinícius Araújo (Vasco)

Atlético-MG
Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Matheus Galdezani (Denilson), Elias (Tomás Andrade) e Cazares; Yimmi Chará, Nathan (Luan) e Ricardo Oliveira. 
Técnico: Thiago Larghi.

Vasco
Martín Silva; Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Desábato, Andrey, Yago Pikachu (Ricardo Graça), Raul e Wagner (Vinícius Araújo); Maxi López (Andrés Ríos).
Técnico: Valdir Bigode (interino).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos