Atlético-MG vence graças a gol contra e tira o SP da ponta do Brasileiro

Do UOL, em São Paulo

Após seis rodadas, o São Paulo deixou a liderança do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (5), na Arena Independência, em Belo Horizonte, o Tricolor foi derrotado pelo Atlético-MG, por 1 a 0 e viu o Internacional superá-lo na tabela. O gol, contra de Régis, saiu ainda no primeiro tempo, e os visitantes não conseguiram reagir.

Como o Colorado ganhou do Flamengo por 2 a 1, no Beira-Rio, em Porto Alegre, passou a somar 46 pontos - assim como os paulistas -, e leva vantagem sobre o time de Diego Aguirre no saldo de gols (17 a 16). Na próxima rodada do nacional, a equipe do Morumbi recebe o Bahia, no sábado. Já o Atlético-MG encara o Atlético-PR, na segunda-feira, em Minas Gerais. 

Para complicar a vida de Aguirre, o uruguaio não poderá contar com Reinaldo no fim de semana. Uma das referências do time na temporada, ele foi advertido com o terceiro cartão amarelo e vai cumprir suspensão automática.  

Desfalques e mudanças

O técnico Aguirre teve três importantes desfalques para o jogo desta noite. Ele não contou com Diego Souza (suspenso), Everton e Bruno Peres (ambos lesionados). Por isso, Reinaldo foi improvisado na ponta - Edimar atuou na lateral esquerda -, enquanto Régis e Tréllez ganharam uma oportunidade. Recuperado de um problema pessoal, o ala direito não era titular desde a vitória sobre o Botafogo, no primeiro turno, no dia 30 de maio. 

Esforço de Nenê

Um dos principais jogadores do São Paulo, o camisa 10 retornou ao time titular após cumprir suspensão na rodada anterior (empate com o Fluminense). Dedicado, o meia entrou em campo nesta quarta-feira com uma infecção dentária.  

Gol contra de Régis

O São Paulo até tentou pressionar o adversário e criou boas oportunidades no início do confronto. Porém, o Atlético-MG conseguiu abriu o placar após uma falha da defesa tricolor. Galdezani cruzou da direta e Ricardo Oliveira cabeceou. No rebote, Régis marcou contra.

Visitantes tentam dar o troco

Em desvantagem, o time de Diego Aguirre partiu para o ataque. Apesar de Nenê, Reinaldo e Rojas buscaram o empate, a equipe visitante não conseguia o empate. Já os donos da casa apostavam mais nos contragolpes.

Sidão quase entrega

O goleiro por pouco não complicou ainda mais a vida do São Paulo, que dominava as ações na etapa inicial. Após cruzamento, Sidão se atrapalhou e a bola sobrou para Ricardo Oliveira. Na sequência,  Tomás Andrade bateu para o gol e mandou para fora. 

Tricolor reclama de pênalti

O São Paulo ficou na bronca com o árbitro Anderson Daronco logo no começo do segundo tempo. Antes de afastar cruzamento na área, Leonardo Silva colocou a mão na bola. Os paulistas reclamaram muito, mas o juiz deixou o jogo seguir.

Reinaldo fora

Aguirre não poderá contar com o lateral esquerdo na próxima partida do São Paulo. O jogador recebeu o terceiro cartão amarelo na competição e vai cumprir suspensão no duelo com o Bahia, neste sábado.

Lá e cá

A partida ganhou velocidade no segundo tempo. As duas equipes partiram para o ataque e criaram boas oportunidades. Na hora de finalizar, no entanto, faltou um pouco mais de tranquilidade.

Os melhores: Luan e Reinaldo

Os dois se enfrentaram durante boa parte do jogo e, mesmo assim, saem como os melhores da noite no Independência. Luan, como de costume, foi o combustível para tornar o Atlético-MG mais ligado em campo, com muita dedicação para marcar e rapidez para ligar os ataques. Do outro lado, Reinaldo manteve a regularidade e a personalidade de pedir a bola e levar o time à frente. Sua vibração ajudou o São Paulo a não se abater com o gol cedo do Galo.

O pior: Sidão

Se foi absolvido por Diego Aguirre pelo gol contra de Anderson Martins no último domingo, Sidão não pode escapar das críticas por mais um gol contra do São Paulo, desta vez de Régis. Após erro da defesa na tentativa de fazer linha de impedimento na área, o goleiro acompanhou a trajetória da bola sem observar que estava com três atleticanos às costas. Quando reparou, Ricardo Oliveira já havia desviado para trás e Régis, sem tempo de sair da bola, acabou mandando para dentro do gol.

FICHA TÉCNICA

Atlético-MG x São Paulo

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Michael Stanislau (RS)
Cartões amarelos: Matheus Galdezani, Emerson, Luan (Atlético-MG); Reinaldo (São Paulo)
Gol: Régis (contra) aos 8 do 1º tempo

Atlético-MG: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Maidana e Fábio Santos; Adilson, Matheus Galdezani (José Welison), Tomás Andrade (Leandrinho), Luan (Terans) e Juan Cazares; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi

São Paulo: Sidão; Régis (Gonzalo Carneiro), Anderson Martins, Bruno Alves e Edimar (Liziero); Hudson, Jucilei (Shaylon) e Nenê; Rojas, Tréllez e Reinaldo. Técnico: DIego Aguirre.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos