Técnico do Atlético-PR reconhece erros e absorve derrota após nove jogos

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Daniel Vorley/AGIF

    Bruno Nazário teve de deixar o campo mais cedo por conta de uma lesão

    Bruno Nazário teve de deixar o campo mais cedo por conta de uma lesão

A derrota do Atlético Paranaense para o Palmeiras, em São Paulo, quebrando uma série de nove jogos de invencibilidade, foi encarada como lição pelo técnico Tiago Nunes. O treinador avaliou que o time teve "erros não forçados" que levou à equipe a perder no Allianz Parque. "Temos que errar menos. A derrota passou muito pelos nossos erros", comentou, sem no entanto apontar para jogadores especificamente.

A queda da invencibilidade também breca uma ascensão que o time teve desde a volta da pausa para a Copa do Mundo, quando somou 18 pontos em 27 disputados. "Em algum momento a gente iria correr o risco de perder. Não somos ingênuos achando que iriamos manter um grau de resultados tão bom durante tanto tempo", disse o treinador.

Na avaliação de Nunes, o Atlético fez um primeiro tempo bom, controlando a partida, mas acabou caindo de produção na segunda etapa. "O que fica de aprendizado é que nesse tipo de jogo a gente tem que ser mais eficazes, mais eficientes. A gente teve a chance no primeiro tempo, teria que ter feito o gol. Não fez. E quando você enfrenta uma equipe como a do Palmeiras, se eles criam algumas chances, acabam tendo oportunidade e acabam matando o jogo."

Na próxima rodada, o Furacão vai enfrentar o Atlético-MG em Belo Horizonte, na segunda-feira (10). O time tentará a primeira vitória fora de casa no Brasileirão, tentando reiniciar uma série vitoriosa após o tropeço em São Paulo: "Não vai ser esse resultado que vai mudar as coisas que nós estamos construindo", falou o treinador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos