Pai de Jean coloca rusga com Sidão no passado e vê filho mais maduro no SP

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

    O goleiro Jean espera ter uma nova chance para defender o São Paulo neste Brasileiro

    O goleiro Jean espera ter uma nova chance para defender o São Paulo neste Brasileiro

Quando o São Paulo foi eliminado da Copa Sul-Americana, Jean afirmou que a sua temporada havia acabado. No entanto, com as atuações irregulares de Sidão, a situação pode mudar neste Campeonato Brasileiro. Na partida deste sábado, às 19h, no Morumbi, contra o Bahia, ainda não há previsão de que aconteça uma troca no setor, mas a pressão sobre o titular tem aumentado. Já em relação ao reserva, uma das principais críticas para justificar o fato de ele ainda não ter se firmado no clube é a sua falta de maturidade, algo rebatido por quem conhece muito bem a vida de goleiro e o perfil do suplente tricolor. 

"O jogador de futebol amadurece mais cedo. Com o nascimento das duas filhas dele, ele já passou a encarar as coisas de outro jeito. As responsabilidades vão crescendo. O Jean vem amadurecendo, algumas atitudes ele não tem mais hoje no São Paulo, está ficando mais centrado. O Jean está no caminho", garantiu o pai do reserva, que também se chama Jean, é preparador de goleiros dos times sub-20 e sub-23 do Bahia e atuou em clubes como Corinthians e Ponte Preta durante a sua carreira como atleta.

No início deste ano, Jean esteve envolvido em uma polêmica com Sidão. Os dois trocaram farpas pelas redes sociais e o clube precisou promover uma reunião entre os dois para aparar as arestas. Hoje, a dupla mantém uma relação de respeito. 

"Eu mesmo falei para ele: 'Você saiu do Bahia, precisa ter tranquilidade'. Infelizmente, goleiro só joga um. Atrapalha muito isso no dia a dia, mas tem de respeitar. O único conselho que dou é que tem de respeitar todo mundo. Sempre fui assim, e por isso sempre fui capitão por onde passei. Precisa respeitar adversário e companheiro. A rusga com o Sidão ficou no passado, é vida segue", disse Jean, que vive o dilema de torcer para o filho ou para o clube que em que trabalha.

"Torço paro o meu clube e para o meu filho. O pessoal entende. É um sentimento diferente quando o seu filho trabalha em um clube, e você em outro. Quero que meu filho se dê bem, e o meu clube suba na tabela. A gente fica neutro na hora de falar um resultado", brincou o ex-goleiro.

Ficha técnica

São Paulo x Bahia

Local: Morumbi, em São Paulo
Data: 8 de setembro de 2018
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires (ambos de GO)

São Paulo: Sidão (Jean); Régis, Bruno Alves, Anderson Martins e Edimar; Hudson, Jucilei e Nenê; Rojas, Diego Souza e Tréllez. Técnico: Diego Aguirre.

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Ramires e Zé Rafael; Edigar Junio e Gilberto. Técnico: Enderson Moreira.Bahia: Técnico: Enderson Moreira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos