Zé Ricardo pede calma ao Botafogo e evita culpar Lindoso por derrota

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Botafogo perdeu para o Fluminense por 1 a 0 neste domingo e se complica a cada dia na luta contra o rebaixamento. Mesmo diante de cenário complicado, o técnico Zé Ricardo pede calma a todos no clube. Segundo ele, apenas a serenidade e muito trabalho podem tirar o Alvinegro da situação.

"Momento sensível, de pressão, mas faz parte do uniforme do atleta e comissão técnica, é nossa profissão. Tem que ter equilíbrio, calma, solucionar problemas em casa. Hoje foi clássico, Fluminense foi melhor no primeiro tempo, segundo fomos mais ativos. Precisamos abrir mais o time, natural ficar mais exposto depois. Precisamos ter calma e tranquilidade", disse o treinador.

A história poderia ser diferente se Rodrigo Lindoso tivesse convertido o pênalti aos 39min do segundo tempo. O voante foi duro na entrevista pós-jogo e disse que a derrota é responsabilidade dele. O treinador não seguiu o mesmo caminho e minimizou o erro do capitão.

"O Lindoso é o batedor oficial da equipe, caso ele não estivesse em campo seria o Kieza. Nada de anormal nesse ponto. Ele perdeu, o goleiro foi eficiente, não foi esse o motivo da nossa derrota", disse o treinador do Botafogo.

A derrota foi péssima e piorou ainda mais a situação do Botafogo no Campeonato Brasileiro. O time soma apenas 26 pontos e ocupa a 15ª posição. O Alvinegro volta a campo no domingo, quando receberá o América-MG, no Nilton Santos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos