Vasco pega saída alternativa e evita contato com torcida no desembarque

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Bruno Braz/UOL

    Torcedores do Vasco foram ao aeroporto para protestar, mas foram driblados

    Torcedores do Vasco foram ao aeroporto para protestar, mas foram driblados

Temendo protestos, o Vasco desembarcou na tarde desta segunda-feira (10) no Rio de Janeiro por uma saída alternativa. A delegação pegou um ônibus ainda na pista e evitou o contato com torcedores e jornalistas.

Cerca de dez membros de organizadas do clube estiveram presentes no aeroporto internacional com o intuito de cobrar pelos maus resultados que colocam o time bem próximo à zona de rebaixamento.

Enquanto permanecia a indefinição sobre o desembarque ou não dos jogadores no saguão do aeroporto, a reportagem do UOL Esporte foi abordada e ameaçada por dois integrantes de organizada. Um segurança do local interveio.

Paralelamente à chegada do Cruzmaltino à cidade, torcedores também realizaram um protesto em São Januário. Por lá, o clima ficou mais tenso e, segundo o "Lance!", o carro do presidente Alexandre Campello e de alguns conselheiros que chegavam para a reunião do Conselho de Beneméritos foram danificados.

A Polícia Militar foi acionada, e tiros de bala de borracha foram dados para dispersar os manifestantes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos