Atlético-PR vence Flu com "gol de videogame" e se afasta da degola

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Atlético-PR novamente fez valer a força de seu mando de campo e venceu o Fluminense por 3 a 1, neste domingo, na Arena da Baixada (PR). O primeiro gol foi marcado por Raphael Veiga, mas o que mais chamou a atenção foi o segundo, feito por Pablo após uma linda jogada ensaiada, digna de vídeogame. Léo Pereira fez o terceiro e Luciano deixou o de honra para o Tricolor.

Com o resultado, os paranaenses foram aos 30 pontos e se afastaram da zona de rebaixamento. Já os cariocas estacionaram com 31 pontos.

No meio da semana, ambas as equipes atuam pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. O Atlético-PR vai à Venezuela enfrentar o Caracas na quarta e o Fluminense viaja para o Equador onde encara o Deportivo Cuenca na quinta.

Jogo aberto

LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Quem assistiu ao Atlético-PR x Fluminense assistiu a um bom jogo. As duas equipes procuraram o ataque, e como seus respectivos sistemas defensivos cediam muitos espaços, ambos os times tiveram muitas oportunidades.

Os paranaenses, no entanto, tinham mais volume de jogo e aproveitaram melhor as chances municiados por um inspirado Lucho González. O Tricolor, por sua vez, pecou no último toque, nas finalizações.

Era só encostar!

Aos 16 do primeiro tempo, Marlon infiltrou pela esquerda e cruzou forte e rasteiro. A bola passou pelos pés de Kayke, mas ele não a encostou e perdeu grande oportunidade para o Fluminense.

Belo lançamento e gol do Atlético-PR

Um minuto depois, Lucho González teve liberdade e realizou um belo lançamento para Nikão. O atacante matou no peito, Gum afastou mal e Raphael Veiga chegou fuzilando para abrir o placar.

Santos quase se complica

Após receber uma bola recuada, o goleiro Santos foi tentar driblar Everaldo, perdeu a bola e Luciano chutou a gol, mas o arqueiro conseguiu se redimir e defender.

Gol de videogame do Atlético-PR

O Atlético-PR chegou ao segundo gol em uma jogada ensaiada digna de videogame. A falta foi batida curta, pela lateral da barreira e encontrou Jonathan. O lateral cruzou rasteiro e encontrou Pablo livre para ampliar aos 46.

Ia ser um golaço!

Logo aos 2 minutos do segundo tempo, Nikão dividiu com Julio Cesar. O goleiro saiu da área para tentar recuperar a bola e levou uma caneta de Raphael Veiga. O jogador do Atlético-PR, na sequência, chutou de cobertura e a bola bateu caprichosamente no travessão.

Luciano diminui para o Flu

Aos 14, Sornoza bateu escanteio curto para Everaldo. O atacante soltou a bomba de fora da área e Luciano, em impedimento, meteu a cabeça na bola, desviando a trajetória e diminuindo para o Fluminense.

Léo Pereira dá banho de água fria no Flu

Quando o Fluminense esboçava uma reação de empate, o Atlético-PR cobrou escanteio da esquerda e Léo Pereira subiu mais alto que a zaga para ampliar para os paranaenses.

Raphael Veiga: carrasco dos cariocas

Raphael Veiga tem se notabilizado por ser um carrasco das equipes cariocas neste Campeonato Brasileiro. Além de deixar o dele diante do Fluminense, também marcou diante de Flamengo e Vasco. 

Gum falha em jogo 400

LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Capitão da equipe, o zagueiro Gum completou 400 jogos com a camisa do Fluminense neste domingo, mas acabou falhando em dois gols do Atlético-PR. No primeiro, quando cortou mal a jogada de Nikão e cedeu a bola para Pablo abrir o placar. No terceiro, ao perder na disputa de cabeça com Léo Pereira.

Cirino de volta

Após pedidos da torcida, Marcelo Cirino retornou ao Atlético-PR após um mês parado em função de uma lesão na coxa esquerda. Ele entrou aos 20 minutos do segundo tempo e deu velocidade ao time.

Tiago Nunes "fez um gol"

O técnico do Atlético-PR teve grande mérito no segundo gol por ensaiar a jogada que resultou no tento de Pablo. Tiago Nunes, inclusive, vibrou bastante com seus auxiliares.

Marcelo Oliveira tentou "chacoalhar" o time

LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

O técnico Marcelo Oliveira tentou dar uma chacoalhada no Fluminense no segundo tempo colocando Sornoza e o time demonstrou uma melhora, diminuindo o placar e quase chegando ao empate. O gol de Léo Pereira, no entanto, caiu como um balde de água fria para ele.

Atlético-PR emplaca sétima vitória seguida em casa

Além de quebrar a sequência negativa de três derrotas consecutivas, o Atlético-PR chegou à sétima vitória seguida na Arena da Baixada.

Homenagem a Gum

O Fluminense homenageou Gum no Twitter por conta dos 400 jogos:

Veja como foi a chegada do Atlético-PR

ATLÉTICO-PR 3 X 1 FLUMINENSE
Data e hora:
Domingo, 16 de setembro, às 16h
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Bruno Raphael Pires (GO/FIFA) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Wellington, Paulo André (ATL); Marlon, Léo (FLU)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Raphael Veiga, aos 17 minutos do primeiro tempo (ATL); Pablo, aos 46 minutos do primeiro tempo (ATL); Luciano, aos 14 minutos do segundo tempo (FLU); Léo Pereira, aos 25 minutos do segundo tempo (ATL)

ATLÉTICO-PR: Santos; Jonathan, Paulo André, Léo Pereira, Renan Lodi; Wellington (Bruno Guimarães), Lucho González, Raphael Veiga (Guilherme); Marcinho (Marcelo Cirino), Nikão e Pablo.
Técnico: Tiago Nunes.

FLUMINENSE: Júlio César, Léo, Gum, Digão e Marlon; Richard, Jadson (Júnior Dutra), Dodi (Marcos Júnior) e Luciano, Everaldo e Kayke (Sornoza).
Técnico: Marcelo Oliveira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos