Em jogo de sete gols, Botafogo bate Vitória e se afasta da degola

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Botafogo conseguiu importante resultado na luta contra o rebaixamento ao vencer o Vitória por 4 a 3, neste domingo (23), no Barradão. O jogo foi movimentado e contou com sete gols. Kieza, Rodrigo Lindoso, Leo Gomes (contra) e Erik marcaram para o Alvinegro, enquanto Lucas Fernandes, Fabiano e Mauricio descontaram para os donos da casa.

A vitória representa um alívio para o Botafogo, que chega aos 32 pontos e se afasta da zona de rebaixamento. O time pulou para a 11ª posição e respira tranquilo após longo período com a corda no pescoço. O time, agora, encara o São Paulo, no domingo, no Nilton Santos (Engenhão).

O Vitória, por sua vez, segue com 29 pontos, na 14ª colocação e encara o Inter, no domingo, no Beira-Rio.

Quem foi bem? Erik

O atacante fez sua melhor partida com a camisa do Botafogo e participou diretamente de dois dos quatro gols da equipe. Ele deu passe primoroso para Lindoso marcar e ainda estufou as redes na sequência.

Quem foi mal? Neílton

Atacante do Vitória não vive grande momento. Já são sete jogos sem marcar, além de atuações apagadas. Torcida vaiou bastante o camisa 10 da equipe durante a derrota.

Vitória faz gol relâmpago

O Vitória precisou de apenas 40 segundos para abrir o placar diante do Botafogo. Os donos da casa se lançaram ao ataque após o apito inicial e na primeira tentativa chegaram às redes. Lucas Fernandes recebeu dentro da área, driblou Moisés e finalizou no canto direito de Saulo, que nada pôde fazer: 1 a 0.

Erik dá entrada dura e fica no lucro com amarelo

O início de partida não foi nada bom para o Botafogo, que parecia descontrolado após sofrer um gol no primeiro minuto. Erik perdeu a cabeça em dividida com Lucas Ribeiro e solou o adversário, atingido-o no joelho. A arbitragem aliviou o botafoguense e deu apenas cartão amarelo no lance.

Perseguido, Kieza marca e cala Barradão

Ex-jogador do Vitória, Kieza dava muito trabalho à zaga adversária e reclamava muito com a arbitragem. O protagonismo chamou atenção da torcida da casa, que passou a perseguir o atleta. O camisa 9 não se acovardou e mostrou estar com pé calibrado. Aos 24min, ele ganhou da defesa e chutou firme no canto de Ronaldo: 1 a 1.

Ronaldo impede virada do Botafogo

Após o susto inicial, o Botafogo se tranquilizou e passou a jogar o melhor futebol. Organizado, o time se posicionou bem para se arriscar nos contra-ataques. E Luiz Fernando quase conseguiu a virada para o Alvinegro em um desses lances. Ele ficou cara a cara com Ronaldo, que fez boa defesa e impediu o segundo gol dos cariocas.

Erik vira garçom, e Lindoso faz golaço de cavadinha

O Botafogo passou a mandar nas ações da partida, e o gol da virada parecia questão de tempo. E foi o que aconteceu. Aos 42min, Erik arrancou pela direita e deixou Rodrigo Lindoso de frente para Ronaldo. O volante foi frio e mostrou muita categoria na finalização. De cavadinha, encobriu o goleiro do Vitória e decretou a virada antes do intervalo.

Vitória manda time para cima e empata

No intervalo, o técnico Carpegiani mandou o time para cima. Colocou em campo André Lima e também Wallyson, que fez grande jogada logo na primeira vez que apareceu e cruzou na medida para Fabiano empatar de cabeça: 2 a 2.

Botafogo desempata com gol contra

Quando o Vitória empatou e parecia que faria pressão no adversário, o Botafogo respondeu. Moisés fez boa jogada pela esquerda e cruzou na direção de Kieza. Na tentativa de se antecipar para cortar, Léo Gomes acabou traindo o goleiro Ronaldo ao mandar contra as próprias redes: 3 a 2.

Erik desencanta e garante triunfo

Um dos destaques do time, Erik finalmente fez o primeiro gol com a camisa do Botafogo. O feito foi importante para dar tranquilidade ao time no segundo tempo e segurar o triunfo fora de casa.

Erik é fominha, perde gol e leva bronca

Aos 41min do segundo tempo, o Botafogo ainda teve a chance de ampliar. Em contra-ataque, a equipe carioca tinha três jogadores contra apenas um marcador, mas Erik preferiu a jogada individual e chutou em cima de Ronaldo. Rodrigo Pimpão e Brenner, que estavam livres, cobraram o companheiro.

Mauricio marca no fim

O Vitória ainda reagiu nos minutos finais. Mauricio, que havia entrado no segundo tempo, aproveitou bobeada da zaga para driblar Saulo e fazer o terceiro dos donos da casa. Mas a reação ficou nisso, e o Botafogo saiu vencedor.

VITÓRIA 3 X 4 BOTAFOGO

Data e hora: 23/09/2018, domingo, às 18h (horário de Brasília)
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Auxiliares: Bruno Salgado Rizo e Luiz Alberto Nogueira (SP)
Cartões amarelo:  Mauricio Cordeiro (VIT); Erik, Marcinho, Rabello e Carli (BOT)

Gols: Lucas Fernandes, a  1min; Kieza, aos 24min; e Rodrigo Lindoso, aos 42min do primeiro tempo. Fabiano, aos 5min; Léo Gomes (contra), aos 8min; Erik, aos 19min; e Mauricio aos 43min do segundo tempo

Vitória
Ronaldo; Cedric, Lucas Ribeiro, Ramon e Fabiano; Meli (Wallyson), Léo Gomes, Yago e Lucas Fernandes; Neílton (Mauricio Cordeiro) e Léo Ceará (André Lima)
Técnico: Carpegiani

Botafogo
Saulo; Marcinho, Carli, Rabello e Moisés; Jean, Lindoso, Bochecha (Matheus Fernandes) e Luiz Fernando (Rodrigo Pimpão); Erik e Kieza
Técnico: Zé Ricardo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos