Vasco vence Bahia de maneira dramática e sai da zona de rebaixamento

Do UOL, no Rio de Janeiro

No chamado "jogo de seis pontos" e atuando com um a mais desde o primeiro tempo, o Vasco levou a melhor sobre o Bahia de maneira dramática e venceu por 2 a 1, com gols de Yago Pikachu e Marrony, nesta segunda-feira, em São Januário. Com o resultado, o clube respirou um pouco mais aliviado na tabela do Campeonato Brasileiro, chegando aos 28 pontos e saindo da zona de rebaixamento.

O Bahia, que fez seu gol com Gilberto, perdeu a chance de se afastar de vez do perigo, estacionando nos 29 pontos, o que o fez novamente ligar o sinal de alerta.

Nesta quinta-feira o Vasco volta a campo para enfrentar o Santos, na Vila Belmiro (SP), em jogo anteriormente adiado. Já o Tricolor baiano encara o Flamengo, no sábado (29), em Salvador (BA).

Bahia perde muitos gols e acaba punido

Luciano Belford/AGIF

A velha frase do "quem não faz leva" aplicou-se perfeitamente ao Bahia. Mesmo atuando como visitante, o Tricolor foi para cima no início do jogo e perdeu quatro chances de gol nos primeiros cinco minutos. A falta de pontaria diante de um Martín Silva inspirada acabou punindo os baianos posteriormente, quando sofreram gols numa partida que estava um tanto quanto tranquila. 

Quase de letra!

Logo com 1 minuto de jogo, Gilberto recebeu cruzamento da direita e finalizou de letra. Martín Silva estava atento e fez boa defesa.

Trapalhada da zaga e Martín salva

No minuto seguinte, o Bahia quase abriu o placar novamente quando Leandro Castan e Luiz Gustavo se atrapalharam e a bola sobrou livre para Ramires. O jovem chutou e Martín Silva salvou.

Outro milagre!

A blitz baiana não parava. Aos cinco minutos, Gilberto recebeu outro cruzamento da esquerda e finalizou já na pequena área para Martín Silva operar um milagre.

Pênalti, expulsão e gol

Aos 28, Andrés Rios recebeu lançamento e com um bonito domínio com o peito, invadiu a área e driblou Douglas. O goleiro, no entanto, deixou o pé de maneira violenta e fez pênalti no atacante. Artilheiro da equipe na temporada, Yago Pikachu chamou a responsabilidade e cobrou com extrema categoria, com a bola de um lado e o goleiro do outro. Vasco na frente!

Gilberto empata

Mesmo com um a mais em campo, o Vasco cedia muitos espaços e foi num contra-ataque onde a zaga cruzmaltina falhou em conjunto que Gilberto cortou Luiz Gustavo e chutou para empatar para o Bahia.

Salva Fernando!

Substituto de Douglas, Fernando Castro salvou logo aos cinco minutos do segundo tempo após contra-ataque fulminante do Vasco que Fabrício finalizou com perigo.

Foi pênalti ou não?

Aos 18, Andrés Rios e Nino Paraíba dividiram e a mão direita do lateral do Bahia encostou na bola. Os jogadores do Vasco pediram pênalti e após consulta de Leandro Vuaden com o quarto árbitro, ele optou por dar apenas escanteio.

Estrela de Marrony brilha e jovem vira herói

Aos 32 a estrela do jovem Marrony, de 18 anos, brilhou. Utilizando-se de sua estatura, ele subiu mais alto que a zaga e, de cabeça, fez o gol que deu a vitória ao Vasco por 2 a 1.

Lei do ex com Gilberto

Thiago Ribeiro/AGIF

Campeão carioca pelo Vasco em 2016, o atacante Gilberto fez valer a famosa "lei do ex" deixando o dele em São Januário. Em respeito, o jogador não comemorou.

O melhor - Martín Silva opera milagres

Com uma temporada abaixo da média até aqui, Martín Silva voltou a ter uma atuação como a torcida do Vasco se acostumou. O goleiro fez ao menos três defesas muito difíceis e foi o grande nome da partida.

O pior - Luiz Gustavo

O zagueiro Luiz Gustavo teve uma noite infeliz e falhou no gol de Gilberto tendo cedido bastante espaço para o atacante.

Valentim é recompensado com ousadia

Precisando da vitória a qualquer custo, o técnico Alberto Valentim foi premiado com sua ousadia ao fazer substituições no segundo tempo que deixaram o Vasco bastante ofensivo. O treinador ainda teve a estrela de colocar o jovem Marrony, que tornou-se o herói da partida.

Moreira merece os parabéns

Luciano Belford/AGIF

Mesmo perdendo, o técnico Enderson Moreira merece elogios. Colocou um time ofensivo em campo e só não saiu com a vitória em função dos gols perdidos.

Estreia da terceira camisa

O Vasco estreou na partida desta segunda-feira sua terceira camisa, que remete ao time que ficou conhecido como "camisas negras" na década de 40. Seu lançamento causou grandes filas na loja oficial do clube em São Januário.

Festa na arquibancada

O departamento de marketing do Vasco distribuiu escudos na entrada dos torcedores em São Januário, algo que deu um bonito visual na arquibancada do estádio.

Ruas isoladas

O Vasco passou a adotar um esquema de trânsito diferente nesta segunda-feira. Cerca de três horas antes de o jogo começar, as ruas do entorno de São Januário foram isoladas.

VASCO 2 X 1 BAHIA

Data e hora: 24/09/2018, segunda-feira, às 20h (horário de Brasília)
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi e Lucio Beiesdorf Flor (RS)
Cartões amarelos: William Maranhão (VAS); Everson (BAH)
Cartões vermelhos: Douglas, aos 28 minutos do primeiro tempo (BAH)
Gols: Yago Pikachu, aos 31 minutos do primeiro tempo (VAS); Gilberto, aos 48 minutos do primeiro tempo (BAH); Marrony, aos 32 minutos do segundo tempo (VAS)

Vasco
Martin Silva; Lennon (Giovanni Augusto), Luiz Gustavo, Leandro Castán e Ramon; Willian Maranhão, Yago Pikachu, Thiago Galhardo (Marrony) e Fabrício (Kelvin); Andrés Rios e Maxi  López
Técnico: Alberto Valentim

Bahia
Douglas; Nino Paraíba, Douglas Grolli, Lucas Everson e Léo Pelé; Gregore, Nilton, Ramires e Paulinho (Fernando Castro); Elber e Gilberto
Técnico: Enderson Moreira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos