Ceará é mortal nos contra-ataques, bate Cruzeiro em BH e deixa a degola

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

Em jogo adiado pela 28ª rodada do Brasileirão, o Cruzeiro recebeu o Ceará no Mineirão e foi surpreendido com uma derrota por 2 a 0 diante do seu torcedor, nesta quarta-feira (24). O grande nome do jogo foi o atacante Arthur, autor dos dois gols.

Mesmo debaixo de chuva, as equipes fizeram uma partida equilibrada e interessante em Belo Horizonte, com boas chances para cada lado. No segundo tempo, o Ceará matou a partida em dois belos contra-ataques.

Com o resultado, o Cruzeiro perde a chance de colar no Santos e ficar a três pontos do rival Atlético-MG, que está em sexto. Com 40 pontos, a Raposa permanece na 10ª colocação. Já o Ceará garante três pontos muito importantes e sobe da 18ª para a 14ª posição, ultrapassando o Vitória e superando o América-MG e o Vasco no saldo de gols.

Melhor em campo: Arthur foi o principal condutor do Ceará na partida. Quando o visitante atacava, a bola sempre passava por ele. Chamou a responsabilidade quando foi preciso e levou perigo por mais de uma vez ao gol de Fábio. No segundo tempo, participou de dois contra-ataques mortais e garantiu uma vitória muito importante para o Ceará.

Com as duas equipes animadas, jogo começa quente e movimentado

A chuva não atrapalhou o bom rendimento dos times em campo. Sem obrigações claras nesta reta final, o Cruzeiro jogou de forma leve, solta, favorecendo boas tramas. Precisando vencer para deixar o Z-4, o Ceará não ficou atrás e também buscou seu gol. Apesar da chuva, as posturas deixaram o jogo bom de se ver, com boas chances para cada um dos lados.

Traves, sorte e impedimento impedem que gols aconteçam

Apesar de o Cruzeiro ter sido levemente superior, os dois times criaram chances de marcar. A Raposa assustou com Rafinha por duas vezes, uma acertando a trave, embora o impedimento já tivesse sido marcado. O Ceará respondeu com Arthur, também por duas vezes. Na primeira, chutou bem próximo à meta de Fábio. Depois, o goleiro recebeu na fogueira, chutou em cima do atacante e viu a bola tocar sua trave.

Cruzeiro volta em cima, mas sofre com dois ótimos contra-ataques

O Cruzeiro voltou dos vestiários marcando mais presença no campo de ataque, mas ainda sem imprimir forte pressão. Mais tímido que na etapa anterior, o Ceará concentrou suas ações no atacante Arthur. E foi ele o responsável por fazer um gol importante no Mineirão. No contra-ataque, o jogador passou nas costas de Edilson e pegou o rebote de Fábio após ver o goleiro fazer ótima defesa no chute de Leandro Carvalho. Cerca de 20 minutos depois, o Ceará suportava bem os avanços do Cruzeiro e conseguiu outro belíssimo contra-ataque, novamente com Arthur, que marcou seu quinto gol nos últimos cinco jogos e fechou a conta: 2 a 0 placar final.

Show de Roger Waters deixa 'estragos' na grande área

A grande área localizada à esquerda das câmeras de TV chamou atenção pelo aspecto bastante ruim devido ao show de Roger Waters, no último domingo. Apesar da forte aparência desgastada, a Minas Arena, administradora do Mineirão, garantiu que a partida não seria afetada pela aparente condição do gramado.

Fábio ganha homenagem pelos 800 jogos

Divulgação/Mineirão

O goleiro Fábio foi homenageado pelo Cruzeiro por causa dos 800 jogos completados com o uniforme celeste no último domingo. Em campo, as onze taças que o camisa 1 ganhou com o clube foram exibidas antes da partida. Na entrada para o jogo, o ídolo da torcida foi acompanhado pelos seus familiares.

Lisca acompanhou vitória importantíssima dos camarotes

Expulso no último jogo contra o Palmeiras, o técnico Lisca acompanhou a delegação do Ceará em Belo Horizonte e esteve no Mineirão. Dos camarotes, ele viu seus comandados arrancarem a vitória essencial na luta contra o rebaixamento. Na beira do gramado, Marcelo Rospide comandou a equipe.

CRUZEIRO 0x2 CEARÁ

Motivo: 28ª rodada do Brasileirão
Data/Hora: 24/10/2018, às 19h30 (de Brasília)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

GOLS: Arthur, 17'2ºT (0-1), Arthur, 35'2ºT (0-2)
Cartões amarelos: Thiago Neves (CRU), Ricardinho, Arthur, Éverson (CEA)
Cartão vermelho: Não teve.
Público: 12.058 pagantes/30.814 presentes.

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Leo Manoel e Egídio; Henrique e Ariel Cabral (Raniel, 25'2ºT); Robinho, Thiago Neves (David, 15'2ºT) e Rafinha (Lucas Silva, 39'2ºT); Barcos. Técnico: Mano Menezes.

Ceará: Éverson; Fabinho, Tiago Alves, Luiz Otávio e João Lucas; Ricardinho (Pedron Ken, 42'2), Juninho, Richardson; Calyson (Felipe Azevedo, 33'2ºT), Arthur e Leandro Carvalho (Valdo, 29'2ºT). Técnico: Marcelo Rospide (Lisca estava suspenso).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos