Topo

Esporte


Pré-jogo de Bota x Fla tem torcedor morto e mais de 60 detidos

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

2018-11-10T18:52:52

10/11/2018 18h52

Os minutos que antecederam o clássico entre Botafogo e Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, foram de tensão em diversos pontos do Rio de Janeiro devido a confrontos entre torcedores das duas equipes.

Um confronto na Ilha do Governador teve duas pessoas baleadas, que foram levadas ao Hospital Municipal Evandro Freire. Um torcedor rubro-negro não resistiu aos ferimentos.

Leia mais:

Botafogo bate o Fla e deixa rival ainda mais longe da luta pelo título
Réver vê Fla abaixo da média e diz que time vai acreditar até o fim
Juca Kfouri: "Botafogo acaba com chance de hepta do Flamengo"

"Em relação ao que aconteceu na Ilha, são coisas para além do futebol são gangues que sequer iriam ao jogo. Não podemos nem chamar de torcedores", disse ao UOL Esporte o tenente-coronel Silvio Luiz, comandante do Batalhão Especial de Policiamento em Estádios (BEPE).

Houve ainda a detenção de 60 alvinegros que estavam em um ônibus escoltado pelo BEPE. Na passagem pela Avenida Brasil, os botafoguenses viram um grupo de flamenguistas e ameaçaram o motorista para que pudessem descer do veículo. 

"Esse grupo avistou numa concentração de rubro-negros e ordenou que o motorista do veículo parasse, o que é proibido. Eles estavam sendo escoltados, sabiam que este tipo de ação é proibida", completou o oficial.

Próximo do Nilton Santos, policiais detiveram duas pessoas que portavam pedaços de ferro e de madeira.

Mais Esporte