Botafogo vence, complica Chape e 'ajuda' desesperados contra queda

Do UOL, no Rio de Janeiro

A Chapecoense precisava de uma vitória para deixar a zona de rebaixamento. O Botafogo, no entanto, venceu por 1 a 0, na tarde desta quinta-feira (15), conseguiu um alívio na luta contra o rebaixamento e complicou a situação do adversário, que termina a rodada entre os quatro piores do Campeonato Brasileiro. Luiz Fernando marcou o gol do triunfo. O resultado é péssimo para os catarinenses, mas ajudou os times desesperados que sofrem com o equilíbrio na parte de baixo da tabela.

Com o resultado, o Botafogo chega aos 44 pontos e pula para a 11ª posição do Campeonato Brasileiro, atingindo assim o cabalístico número que costuma salvar as equipes do rebaixamento no torneio. O Alvinegro, agora, recebe o Internacional, no domingo, no Nilton Santos.

A Chapecoense, por sua vez, se mantém com 37 pontos, fica na 17ª colocação e na zona de rebaixamento. Os catarinenses voltam a campo no domingo, quando visita o Grêmio, em Porto Alegre.

Botafogo chega com perigo

O Botafogo esperava uma pressão inicial dos donos da casa, mas isso não ocorreu. Com medo de dar espaços defensivos, a Chapecoense não forçava jogadas e o jogo ficou bastante equilibrado. O primeiro a chegar com perigo foram os visitantes. Marcinho recebeu pela direita e cruzou para Erik. A bola veio alta e o atacante mandou direito para o gol levando perigo a Jandrei.

Chape fica com a bola, mas pouco cria

Uma simples vitória significaria sair da zona de rebaixamento. Até por isso o desempenho da Chapecoense não foi o que a torcida esperava. Sem criatividade, os donos da casa abusaram de jogadas aéreas, mas viram a zaga do Botafogo levar a melhor no primeiro tempo.

Botafogo tem gol bem anulado

Explorando os contra-ataques, o alvinegro não se limitou a defender e teve boas chances de abrir o placar. Em uma delas, o time chegou a balançar as redes com Luiz Fernando. No entanto, Erik estava impedido e o lance foi bem anulado pela arbitragem.

Chape não muda postura e segue criando pouco

A volta do intervalo não representou tantas mudanças para a Chapecoense. Mesmo precisando da vitória, o time seguiu em campo de maneira conservadora. Prova disso é que o time esteve com muitas dificuldades de criar oportunidades.

Diego Torres quase marca de falta

Um lance curioso ocorreu aos 25min do segundo tempo. A Chape tinha uma cobrança de falta perigosa e realizou uma rápida substituição para que Diego Torres saísse do banco para cobrar. O argentino bateu com categoria, mas acertou a rede pelo lado de fora.

Botafogo abre placar com Luiz Fernando

O Botafogo fazia partida consciente. Sem se expor, o time esperava uma bobeada do adversário para atacar. E a chance esperada veio aos 27min com contra-ataque puxado por Rodrigo Pimpão. Ele tocou para Leo Valencia que deu linda assistência para Luiz Fernando finalizar com categoria e abrir o placar: 1 a 0. O gol que deu a vitória aos cariocas e aumentou o desespero dos catarinenses.


CHAPECOENSE 0 X 1 BOTAFOGO

Data/hora: 15/11/2018, às 17h (de Brasília)
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Cartões amarelo: Amaral (CHA); Luiz Fernando e Matheus Fernandes (BOT)
Gol: Luiz Fernando, aos 27min do segundo tempo

Chapecoense
Jandrei; Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Bruno Pacheco (Alan Ruschel); Amaral, Elicarlos e Canteros (Diego Torres); Wellington Paulista, Doffo (Bruno Silva) e Leandro Pereira
Técnico: Claudinei Oliveira

Botafogo
Gatito; Marcinho, Carli, Igor Rabello e Moisés; Dudu Cearense (Marcelo Benevenuto), Matheus Fernandes e Leo Valencia (Renatinho); Erik (Rodrigo Pimpão), Luiz Fernando e Brenner
Técnico: Zé Ricardo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos