SP empata com Grêmio e desperdiça chance de superar rival direto pelo G-4

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

O São Paulo ficou no empate por 1 a 1 com o Grêmio na noite desta quinta-feira, no Morumbi, pelo Brasileirão. Com o resultado, o time treinado por André Jardine desperdiçou a chance de ultrapassar a equipe gaúcha no duelo direto por uma vaga na fase de grupos da Libertadores.

O atacante gremista Everton abriu o placar para os visitantes no começo do segundo tempo. A equipe são-paulina, que teve Nenê entre os titulares no primeiro jogo de Jardine após a saída de Diego Aguirre, chegou à igualdade após o volante Michel marcar um gol contra.

Com o empate, o São Paulo chegou aos 59 pontos, mesmo número do Grêmio. O time treinado por Renato Gaúcho fica com a quarta colocação por ter um vitória a mais no Brasileirão (16 a 15).

O São Paulo volta a campo no próximo domingo, novamente no Morumbi. O time recebe o Cruzeiro às 19h (de Brasília). Já o Grêmio enfrenta a Chapecoense em Porto Alegre no mesmo dia e horário.

O melhor: Everton (Grêmio)

Ale Cabral/AGIF

O atacante foi o jogador mais perigoso do Grêmio durante toda a partida. No primeiro tempo, embora tenha concluído uma jogada com um chute na bandeirinha de escanteio, conseguiu uma finalização perigosa nos acréscimos. Na etapa final, balançou a rede de cabeça, como um centroavante.

O pior: Michel

O volante gremista fazia um bom jogo até, especialmente na marcação, mas no segundo tempo colocou tudo a perder ao marcar um gol contra bem estranho. Michel tentou cortar uma bola que praticamente estava nas mãos do goleiro Paulo Victor e mandou para as próprias redes.

Primeira chance com Helinho logo no começo

Apoiado pelos torcdores que foram ao Morumbi neste feriado, o São Paulo tomou a iniciativa no jogo e quase abriu o placar antes mesmo de o relógio completar um minuto. No lance, Helinho recebeu na entrada da área e concluiu rasteiro. A bolal passou rente à trave da meta defendida por Paulo Victor.

São Paulo mantém postura

Ale Cabral/AGIF

Com o Grêmio encolhidono campo de defesa, o São Paulo continuou propondo o jogo no Morumbi, mas acabou atrapalhado pela forte marcação gremista e também pela lentidão em construir as jogadas ofensivas. Sem apoio dos laterais, a tarefa ficou ainda mais complicada.

Grêmio chega em chute que vai parar no escanteio

O time de Renato Gaúcho, por sua vez, tentou explorar os contra-ataques. Uma das válvulas de escape era Everton, que atuou aberto à esquerda. O atacante foi responsável pelas duas únicas finalizações do Grêmio no primeiro tempo. Na primeira, mandou a bola na bandeirinha de escantio após chute de longe. Na segunda, já nos acréscimos, passou por Hudson e obrigou Jean a espalmar a bola patra escanteio.

Trellez perde chance

Explorando sobretudo o lado direito do ataque, o São Paulo conseguiu assustar o Grêmio com a bola no chão - o time apostiu muito nas bolas paradas e alçadas à área. Em uma das jogadas trabalhadas, Helinho fez bem o giro e serviu Trellez, que bateu fraco e cruzado. Paulo Victor fez a defesa sem dificuldade.

Visitantes voltam melhores...

O Grêmio, que pouco produziu nos primeiros 45 minutos, voltou com um ímpeto maior na etapa final. Com a bola no chão, o time criou uma boa chance aos oito minutos. Jean Pyerre recebeu com liberdade pela direita da área e bateu por cima de Jean. Arboleda salvou em cima da linha.

...e abrem o placar

Com a nova postura no duelo, o Grêmio não demorou a abrir o placar no Morumbi. O lateral Madson recebeu de Ramiro, foi até a linha de fundo e cruzou na medida para Everton cabecear às costas de Arboleda. Jean ainda tocou na bola, mas não evitou o gol gremista.

São Paulo empata após gol contra

Atrás no placar, o São Paulo passou a atacar com mais velocidade. Jardine sacou Helinho e Nenê para colocar Antony e Shaylon, respectivamente. Na primeita jogada, Shaylon abriu o jogo para Everton, que cruzou na área. Michel tentou se antecipar a Paulo Victor e mandou para as redes.

Nenê volta a ser titular com Jardine

REUTERS/Paulo Whitaker

O primeiro jogo de André Jardine como técnico após a saída de Diego Aguirre representou também o retorno do meio-campista Nenê ao time titular do São Paulo. O jogador havia ficado fora dos quatro últimos jogos - ele entrou no segundo tempo em três dessas partidas. 

Reencontros no Morumbi

O embate entre São Paulo e Grêmio marcou o reencontro de três atletas gremistas com o time paulista: o volante Maicon, o lateral esquerdo Cortez e o zagueiro Paulo Miranda. O trio foi bastante receptivo com funcionários do clube já na zona mista do Morumbi, com abraços e saudações.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1 x 1 GRÊMIO

Data: 15 de novembro de 2018, quinta-feira
Horário: 19h (horário de Brasília)
Competição: Campeonato Brasileiro (34ª rodada)
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Público: 24.757
Renda: R$ 759.161,00
Árbitros: Péricles Bassols Pegado Cortez (PE)
Auxiliares: Clóvis Amaral da Silva e Marcelino Castro de Nazare (ambos de PE)
Cartões amarelos: Everton e Jael (Grêmio); Nenê (São Paulo)

Gols: Everton, aos 11, e Michel (contra), aos 29 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Jean; Bruno Peres, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Hudson (Liziero) e Nenê (Shaylon); Helinho (Antony), Tréllez e Everton. Técnico: André Jardine.

GRÊMIO: Paulo Victor; Madson, Geromel, Paulo Miranda (Matheus Henrique) e Cortez; Maicon (Cícero), Michel, Ramiro, Jean Pyerre (Alisson) e Everton; Jael. Técnico: Renato Gaúcho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos