Corinthians tem alívio e agora só pensa em "terminar o ano com dignidade"

Do UOL, em São Paulo

  • FELIPE RAU/ESTADÃO CONTEÚDO

    Vitória em confronto direto assenta as coisas no Corinthians, que ganha fôlego

    Vitória em confronto direto assenta as coisas no Corinthians, que ganha fôlego

A vitória por 1 a 0 sobre o Vasco da Gama, no último sábado (17), baixou a poeira no Corinthians. Se antes a fase era negativa e a tendência parecia ser de queda, após a partida os jogadores deixaram a Arena com um sorriso aliviado no rosto e o discurso muito mais leve. Com a permanência na Série A quase assegurada, o elenco agora promete correr para mudar a impressão deixada no torcedor.

Na zona mista, os mais experientes do elenco repetiram uma espécie de mantra: o clube nem deveria estar nesta posição, e mesmo que o risco de rebaixamento já seja bem menor, é hora de provar que o time tem mais qualidade do que sugerem os resultados recentes. "Temos que tentar terminar o ano com dignidade, somar pontos e chegar o mais alto possível, já pensar no ano que vem porque não temos mais o que pensar neste ano", afirmou Jadson, confiante de que já não haja qualquer chance de descenso.

De uma forma ou de outra, Cássio e Danilo seguiram a mesma linha. O goleiro cobrou que "não dá para se acomodar" e pediu a equipe de guarda alta na visita ao Atlético-PR na quarta-feira (21). O meia foi ainda mais enfático, disse que é preciso "honrar esta camisa até o fim" e que para isso o objetivo é vencer as três partidas restantes. Até o técnico Jair Ventura insistiu em entrevista coletiva que quer o time jogando sério até o final do ano.

Os jogadores citados mais uma vez formaram a linha de frente nas entrevistas, como tinha sido após a derrota para o Cruzeiro no meio da última semana. Em campo a situação esteve muito difícil recentemente, mas fora dele os veteranos têm mostrado personalidade, dando a cara à tapa na fogueira e no alívio.

Na matemática, o Corinthians ainda não está salvo. Os 43 pontos dão maior tranquilidade, é verdade, mas na conta mais cautelosa a equipe precisaria de mais um ou dois pontos para se garantir sem depender de outros resultados. Melhor ainda se a pontuação vier contra a Chapecoense, em casa no domingo que vem (25), o último confronto direto na parte inferior da classificação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos