São Paulo vence Cruzeiro por 1 a 0 e garante vaga na Libertadores

Do UOL, em São Paulo

O São Paulo garantiu vaga na Libertadores do ano que vem. Neste domingo (18), o time paulista venceu o Cruzeiro por 1 a 0 no Morumbi e assegurou ao menos a classificação para a fase preliminar da competição sul-americana. A equipe ainda continua perto dos quatro primeiros, que se classificam direto para a fase de grupos do torneio. O Grêmio, quarto colocado, venceu a Chapecoense nesta rodada.

Depois do empate no confronto direto com Grêmio, o São Paulo entrou em campo precisando da vitória para não permitir a chance de o rival gaúcho se distanciar na tabela. Mesmo com um jogo de pouca inspiração, o Tricolor conseguiu o resultado positivo com gol de Diego Souza e permanece com a mesma pontuação dos gaúchos (62), mas leva desvantagem no número de vitórias (17 a 16).

Apesar de ainda perseguir a vaga direta na fase de grupos da Libertadores, o São Paulo já assegurou ao menos a classificação para a etapa preliminar da competição. O time comandado por André Jardine soma 12 pontos de vantagem para o sétimo colocado e não corre mais risco de ficar de fora dos seis primeiros do Brasileiro. O Cruzeiro, que já  possui vaga na Libertadores por conta da conquista da Copa do Brasil, está na 8ª posição, com 49 pontos.

As equipes voltam a campo no meio de semana para a 36ª rodada do Brasileirão. Na quarta-feira (21), o Cruzeiro recebe o Vitória no Mineirão. No dia seguinte, o São Paulo vai a São Januário enfrentar o Vasco.

O melhor: Diego Souza volta e marca 100º gol em Brasileiros

Após desfalcar o São Paulo por conta de uma entorse no joelho direito na última rodada, Diego Souza retornou ao time titular neste domingo de forma decisiva. O atacante anotou o gol que colocou o time paulista em vantagem aos 30 minutos do primeiro tempo. Depois de cobrança de escanteio de Nenê, Arboleda desviou de cabeça e o camisa 9 aproveitou para ajeitar no peito e emendar um belo voleio para a rede. Foi o centésimo gol do jogador em Brasileiros. Ele é o artilheiro do São Paulo na atual edição do campeonato, com 12 gols.

O pior: Thiago Neves tem atuação apagada

Novidade entre os titulares do Cruzeiro, Thiago Neves teve atuação apagada no Morumbi neste domingo. O meio-campista não conseguiu ser o homem de criação da equipe na ausência de Arrascaeta (convocado para a seleção uruguaia). Ele deixou o campo aos 28 minutos do segundo tempo para a entrada de Rafael Sóbis.

Primeiro tempo tem chuva forte e chances criadas

Apesar de poucas finalizações ao longo dos 45 minutos inicias, houve chances para as duas equipes marcarem no primeiro tempo. Sob forte chuva, a etapa inicial teve principalmente o São Paulo tomando a iniciativa das ações. A primeira boa chance aconteceu aos 15 minutos, quando Nenê finalizou cruzado de dentro da área e obrigou Fábio a grande defesa. Logo na sequência, veio a resposta e melhor chance do Cruzeiro até então. Barcos aproveitou cruzamento da esquerda, ganhou disputa pelo alto e cabeceou com perigo próximo à trave.

O jogo se manteve em equilíbrio até o gol do São Paulo, aos 30 minutos. Após abrir 1 a 0, o time do Morumbi viu o adversário se retrair e controlou bem para levar a vantagem para o intervalo.

SP desperdiça chance, mas assegura resultado

Com a vantagem no placar, o São Paulo diminuiu o ímpeto na volta do intervalo. O time da casa abdicou de pressionar o rival e optou por conduzir o jogo de forma mais lenta. Mesmo sem a mesma iniciativa da primeira etapa, a equipe do Morumbi teve chances de matar o placar. A melhor delas foi aos 33 minutos, quando Nenê recebeu passe na marca do pênalti e acabou isolando. O placar mínimo, no entanto, mantinha o time da casa sob risco. Aos 35 minutos, por exemplo, Robinho arriscou um chute de fora da área e levou perigo ao gol de Jean.

Jardine volta a dar chances para base

Com André Jardine no comando da equipe desde a saída do uruguaio Diego Aguirre, os são-paulinos vivem a expectativa de ver a base ser mais aproveitada no time principal. Neste domingo, assim como havia sido contra o Grêmio, o técnico voltou a dar chance para os jovens. Além de Shaylon, que iniciou entre os titulares, Brenner foi aproveitado no meio da segunda etapa. O atacante Helinho, titular na rodada passada, foi desfalque por conta de lesão.

Cruzeiro segue sem Mano Menezes

Já garantido para a próxima edição da Libertadores por conta da conquista da Copa do Brasil, o Cruzeiro encerra os compromissos no Campeonato Brasileiro sem pressão. Tanto é que, neste domingo, o time mineiro continuou sem contar com o técnico Mano Menezes (em tratamento dermatológico) no banco de reservas. A equipe foi comandada pelo auxiliar Sidnei Lobo, assim como havia acontecido na partida contra o Corinthians.

Reta final contra ameaçados

Os últimos compromissos do São Paulo no Brasileiro serão contra equipes que estão ameaçadas pelo rebaixamento para a Série B. Além do Vasco no meio de semana, o Tricolor recebe o Sport no Morumbi e encerra a competição diante da Chapecoense, fora de casa.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 0 CRUZEIRO

Data e horário: 18/11/2018 (domingo), às 19h (de Brasília)
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Auxiliares: Henrique Ribeiro e Eder Alexandre (ambos de SC)

Cartões amarelos: Reinaldo (SPO), Bruno Alves (SPO); Robinho (CRU), Edilson (CRU)

Gol: Diego Souza (SPO), aos 30 minutos do primeiro tempo

São Paulo
Jean; Bruno Peres, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo (Edimar); Jucilei, Hudson (Araruna), Shaylon (Brenner) e Nenê; Diego Souza e Everton
Técnico: André Jardine

Cruzeiro
Fábio; Edílson, Léo, Manoel e Egídio; Henrique, Ariel Cabral (Raniel), Robinho e Thiago Neves (Rafael Sóbis); David e Hernán Barcos (Sassá)
Técnico: Sidnei Lobo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos