Com dois de Fred, Cruzeiro vence com facilidade e afunda o Vitória

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

O Cruzeiro recebeu o Vitória nesta noite de quarta-feira e não teve dificuldades para vencer por 3 a 0, mesmo utilizando a maioria dos jogadores reservas. Dominante durante toda a partida, a Raposa teve como destaque o atacante Fred, que marcou dois gols no jogo.

Com o resultado, o Cruzeiro foi aos 52 pontos na tabela. No domingo, a equipe fará seu último jogo em casa no ano, contra o Flamengo, e deverá ir com força total. Em situação totalmente distinta, o Vitória permanece com 36 pontos na vice-lanterna e com chances muito grandes de ser rebaixado. Na próxima rodada, o Leão da Barra recebe o Grêmio.

Quem foi bem: Fred jogou quase a partida inteira e deixou o jogo com o saldo positivo de dois gols. O atacante vem aproveitando bem suas chances no rodízio de centroavantes de Mano Menezes. Menção honrosa também para o goleiro João Gabriel. Apesar do placar elástico, evitou uma goleada ainda maior.

Quem foi mal: o zagueiro Aderllan não estava em uma noite boa. O jogador marcou um gol contra que abriu o placar para o Cruzeiro. No segundo tempo, foi responsável por cometer o pênalti que resultou no segundo gol do jogo.

Cruzeiro joga solto e domina primeiro tempo

O Cruzeiro começou o jogo melhor e foi amadurecendo seu gol aos poucos. As principais jogadas do clube saíram pelo lado direito, com Ezequiel. O primeiro bom momento saiu na cabeçada de Léo, próxima da trave. Mais tarde, Lucas Silva pegou bem na bola e forçou João Gabriel a espalmar a finalização. Antes de ser vazado, o goleiro ainda evitaria o gol celeste no chute cara a cara de Patrick Brey.

Vitória oferece o campo, mas não consegue contra-atacar

A proposta do Vitória foi clara desde o início. Deixar a posse com o Cruzeiro e tentar contra-atacar. Mas isso não foi visto em campo, e o time não teve muitas tomadas de decisões na hora de atacar. Suas melhores chances aconteceram em jogadas de bola parada, como nas duas cabeçadas de Léo Ceará e na tentativa de gol olímpico de Marcelo Benítez.

Zagueiro marca segundo gol contra no ano e Cruzeiro abre o placar

Aderllan herdou a vaga de Ramon, autor de um gol contra na partida passada, diante do Atlético-PR. Mas o zagueiro não aproveitou bem sua chance e acabou cometendo o mesmo erro. No cruzamento de Ezequiel pela direita, o defensor se jogou de carrinho na bola e mandou para suas próprias redes. Esse foi o segundo gol contra do jogador no Brasileirão e o quarto do Vitória.

Aderllan volta a falhar e Fred aumenta para o Cruzeiro

O Vitória começou o segundo tempo disposto a empatar o jogo. Neilton entrou em campo e a equipe baiana chegou bem por três oportunidades. Mas a noite não estava boa para Aderllan. Na tentativa de cortar o passe de Robinho, o zagueiro deu um novo carrinho e a arbitragem pegou toque de mão dentro da área. Fred cobrou e aumentou a vantagem celeste. 2 a 0.

Cruzeiro perde novos gols, mas Fred marca de novo e fecha a conta

Apesar da derrota, o Vitória precisou agradeceu ao seu goleiro João Gabriel por não evitar uma goleada ainda maior no Mineirão. O goleiro contou com a trave em uma ocasião, mas conseguiu parar pelo menos mais dois gols da Raposa. João só não contou com a pontaria certeira de Fred, que recebeu livre dentro da área e bateu de primeira para fechar a conta do jogo. 3 a 0 placar final.

CRUZEIRO 3x0 VITÓRIA

Motivo: 36ª rodada do Brasileirão
Data/Hora: 21/11/2018, às 21h45 (de Brasília)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Daniel Luis Marques (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

GOLS: Aderllan, contra, 42'1ºT (1-0); Fred, 9'2ºT (2-0); Fred, 26'2ºT (3-0)
Cartões amarelos: Ezequiel, Éderson (CRU), Aderllan (VIT)
Cartão vermelho: Não teve.
Público/Renda: 2.421 pagantes/4.036 presentes/R$21.781,00.

CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Manoel, Leo e Patrick Brey; Lucas Romero e Lucas Silva; Robinho (Éderson, 30'2ºT), Rafinha e David (Raniel, 25'2ºT); Fred (Laércio, 39'2ºT). Técnico: Sidnei Lobo.

VITÓRIA: João Gabriel; Rodrigo Andrade (Lucas, 13'1ºT), Lucas Ribeiro, Aderllan e Benitez; Willian Farias, Soutto (Neilton, intervalo) e Rhayner; Yago, Erick (André Lima, 19'2ºT) e Léo Ceará. Técnico: João Burse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos