Fla vence Grêmio e se mantém vivo em disputa de título com Palmeiras

Do UOL, em Porto Alegre

O Flamengo segue vivo na disputa pelo título do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (21), no Maracanã, o time carioca dominou o Grêmio e venceu por 2 a 0. O resultado mantém aberta a luta com o Palmeiras, que venceu o América-MG por 4 a 0 e segue com cinco pontos de vantagem a duas rodadas do final.

Os gols de Uribe e Diego resumiram bem todo o volume de jogo do Flamengo. O Grêmio, por sua vez, reclamou falta do centroavante rubro-negro em Cortez no lance do primeiro gol.

Com as vitórias em cima de América-MG e Grêmio, Palmeiras e Flamengo somam 74 e 69 pontos, respectivamente. Para ficar com o título, o Fla precisa vencer os últimos dois jogos e torcer para que o Verdão faça apenas um ponto no mesmo período.

Na próxima rodada, o Flamengo visita o Cruzeiro e o Palmeiras vai a São Januário encarar o Vasco. As duas partidas serão no domingo, às 17h.

Já o Grêmio joga com o Vitória, em Salvador no mesmo dia e hora dos rivais pelo título.

Quem foi bem: Uribe

Gilvan de Souza/Flamengo

Centroavante fez bem o papel de referência. No primeiro tempo, desviou de cabeça bola que parou na trave. Na etapa final, novamente em escanteio, Uribe marcou.

Quem decepcionou: Everton

Principal jogador do Grêmio na temporada e no radar dos rivais de Manchester, Everton fez um jogo bem atípico. Sem explosão, ficou longe da área do Flamengo.

Confusão, rojão e spray de pimenta

Vinicius Castro/UOL
Fumaça identifica local onde rojão foi arremessado no início do jogo

Antes dos cinco minutos de jogo, as arquibancadas do Maracanã viraram palco de confusão. Depois de empurra-empurra, houve arremesso de rojão e mais briga. A Polícia Militar foi acionada, chegou ao setor e usou spray de pimenta para conter o incidente.

Flamengo pressiona, mas não marca

O Flamengo pressionou o Grêmio durante todo o primeiro tempo e esteve mais perto de marcar, mas não conseguiu por diferentes motivos. Primeiro, não foi contundente. Depois, sendo mais agudo, pecou nas finalizações. E quando acertou o pé, viu desvios atrapalharem. A trave salvou primeiro e depois foi o tornozelo de Geromel, em lances de Uribe e Renê (vídeo acima), respectivamente.

Arão e Cuéllar empurram Fla à frente

O domínio do Fla não foi algo aleatório. Com William Arão autorizado a atacar mais, o time da casa apertou o Grêmio contra sua defesa. Cuéllar manteve papel de construtor e, em reflexo disso, Diego e Everton Ribeiro ficaram mais próximos da zona de definição. O camisa 10 teve liberdade e quase marcou golaço (vídeo acima) de longe.

Grêmio é intenso e só

A escalação do Grêmio deu o sinal. Com Michel e Matheus Henrique, o time gaúcho botou intensidade no meio-campo e também esperava essa característica com Ramiro. Não deu. Sem o camisa 17 nos seus melhores dias, o lado direito de defesa sofreu. Na fase ofensiva, a equipe de Renato Portaluppi foi pobre. Limitada a bolas longas ou jogo aéreo.

Gol cedo aquece segundo tempo

O gol de Uribe, logo aos dois minutos da etapa final, esquentou o jogo. O Grêmio tentou reagir, tirou Matheus Henrique e botou Alisson para ter mais velocidade. O Flamengo ganhou mais espaço para jogar e obrigou a defesa gremista a se virar. Nos minutos finais, Geromel quase empatou de cabeça, mas César salvou. Segundos depois, com muito campo para atacar, Berrio serviu e Diego selou a vitória aos 44 minutos.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2 X 0 GRÊMIO

Data e hora: 21/11/2018, às 21h45 (Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 36.013 pessoas (33.932 pagantes)
Renda: R$ 701.361,00
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Guilherme Dias Camilo (MG)
Cartões amarelos: William Arão (FLA); Matheus Henrique, Ramiro (GRE)
Gols: Uribe, aos 2 minutos do segundo tempo (FLA); Diego, aos 44 minutos do segundo tempo (FLA)

FLAMENGO: César; Pará, Rhodolfo, Réver e Renê; Cuéllar, Willian Arão, Diego, Everton Ribeiro (Marlos Moreno) e Vitinho (Jean Lucas); Uribe (Berrio)
Técnico: Dorival Júnior

GRÊMIO: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Marcelo Oliveira e Cortez; Michel, Matheus Henrique (Alisson), Ramiro, Jean Pyerre (Thaciano) e Everton; Jael (André)
Técnico: Renato Gaúcho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos