Flamengo vence, mas vê título do Palmeiras e fica com vice no Brasileiro

Do UOL, em São Paulo

Com dois lindos gols de Éverton Ribeiro, o Flamengo venceu o Cruzeiro por 2 a 0 no Mineirão, mas viu o Palmeiras ser campeão Brasileiro ao vencer o Vasco por 1 a 0 em São Januário. O Rubro-Negro garantiu o segundo lugar na competição ao chegar aos 72 pontos.

O primeiro gol do Flamengo saiu em uma bonita jogada individual de Éverton Ribeiro, que recebeu a bola de Willian Arão na direita do ataque, passou por Thiago Neves, driblou Egídio com um toque no meio das pernas e chutou por cima do goleiro Fábio. No segundo tempo, ele recebeu a bola e, de fora da área, chutou sem defesa para Fábio.

Na última rodada, o Flamengo recebe o Atlético-PR no Rio de Janeiro. O Cruzeiro enfrenta o Bahia em Salvador. O time mineiro segue com 52 pontos, em oitavo lugar.

O melhor: Éverton Ribeiro

Vaiado pela torcida do Cruzeiro, Éverton Ribeiro fez mais um golaço em um jogo envolvendo Flamengo e Cruzeiro. Principal jogador do Flamengo na partida, ele fez um bonito gol e quase marcou outro sem querer. 

No começo do segundo tempo, ele recebeu a bola, girou e, de fora da área, chutou sem defesa para Fábio.

O pior: Egídio

Mal na defesa, Egídio levou pelo menos dois dribles desconcertantes de Éverton Ribeiro. Em um deles, viu o meia sair na frente de Fábio e marcar o gol que decidiu a partida no Mineirão.

Pressão do Cruzeiro não tem efeito

Jogando em casa, o Cruzeiro partiu com tudo para o ataque e levou perigo ao gol defendido por César ainda nos primeiros segundos de jogo. Antes do primeiro minuto, Egídio tocou para o uruguaio De Arrascaeta e ele chutou por cima do gol de Cesar.

Flamengo acorda e marca

A primeira chance de gol do Flamengo aconteceu aos 6 minutos, quando Willian Arão deu passe dentro da área para Uribe, que chutou fraco rasteiro e Fábio espalmou.

O susto foi indicação do que viria a seguir. Éverton Ribeiro, que era vaiado pela torcida do Cruzeiro a cada vez que tocava na bola, passou por Thiago Neves, driblou Egídio e chutou por cima de Fábio para abrir o placar aos 7 minutos do primeiro tempo. O meia foi bicampeão brasileiro pelo time mineiro em 2013 e 2014.

Cruzeiro pede pênalti em De Arrascaeta

Pouco depois do gol, o Cruzeiro voltou a atacar e pediu pênalti de Léo Duarte sobre o uruguaio De Arrascaeta, que jogou a bola na frente e caiu dentro da área.

Robinho e Thiago Neves quase empatam

Em duas assistências de Fred, o Cruzeiro ficou perto do empate no Mineirão. No primeiro lance, o atacante passou para Robinho, que chutou com força para fora. Aos 34 minutos do primeiro tempo, Fred levantou a bola dentro da área e Thiago Neves, de voleio, chutou para a defesa de César.

Éverton Ribeiro marca de novo

O Flamengo não deu tempo de uma pressão inicial do Cruzeiro no segundo tempo. Aos 7 minutos do segundo tempo, Éverton Ribeiro recebeu a bola, girou sem marcação e, de fora da área, chutou sem defesa para Fábio.

Rhodolfo e César salvam o Flamengo

Em dois ataques seguidos, o Cruzeiro teve a chance de diminuir o placar, mas viu Rhodolfo tirar o chute de Egídio sobre a linha. No minuto seguinte, Edilson chutou no ângulo e César espalmou para fora.

Provocações na torcida

A torcida do Cruzeiro comemorou o anúncio do gol do Palmeiras contra o Vasco e começou a cantar "ô, o cheirinho voltou". Os torcedores do Flamengo rebateram com o grito de "sem mundial".

Diego 'vira' Adriano e Vitinho é Romário

Marcelo Alvarenga/AGIF
O Flamengo homenageou os ídolos negros que passaram pelo clube com os nomes dos jogadores nas camisas dos atletas. Nesta semana foi comemorado o Dia Consciência Negra e o Flamengo aproveitou a 37ª rodada para homenagear jogadores negros que fizeram sucesso pelo clube.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 0 X 2 FLAMENGO

Data e hora: 25/11/2018, às 17h00 (Brasília)

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Público: 27.616 pessoas (20.527 pagantes)

Renda: R$ 343.624,00

Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

Auxiliares: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

Cartões amarelos: Ariel Cabral (CRU), Lucas Romero (CRU), Robinho (CRU), Fred (CRU) e Dedé (CRU); Uribe (FLA), Renê (FLA) e Cuéllar (FLA).

Gols: Éverton Ribeiro, aos 7 minutos do primeiro tempo (FLA), e aos 7 minutos do segundo tempo (FLA).

CRUZEIRO: Fábio, Edilson, Léo (Manoel), Dedé e Egídio; Lucas Romero, Ariel Cabral (Sassá), De Arrascaeta, Robinho e Thiago Neves (David); Fred. Técnico: Sidnei Lobo.

FLAMENGO: César, Pará, Léo Duarte, Rhodolfo e Renê; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Éverton Ribeiro (Rômulo), Vitinho (Berrío) e Uribe (Paquetá). Técnico: Dorival Júnior

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos