Nico brilha, Inter garante vaga direta na Libertadores e complica Flu

Do UOL, em São Paulo

O Internacional se despediu da torcida no Campeonato Brasileiro com brilho de Nico López e vaga assegurada no G-4. Neste domingo (25), o time gaúcho venceu o Fluminense por 2 a 0 no Beira-Rio com dois gols do uruguaio e garantiu classificação direta para a fase de grupos da Libertadores no ano que vem. O time carioca, por sua vez, segue ameaçado pelo rebaixamento.

O jogo foi marcado por domínio e iniciativa do Inter, mas pouca efetividade na criação de oportunidades e finalizações. O enredo só mudou quando Nico López acertou um chute de rara felicidade no segundo tempo e colocou o time em vantagem. O uruguaio também foi o autor do segundo gol. Pelo lado do Flu, a equipe não vence e não balança as redes na competição desde 30ª rodada.

Com o resultado, o Internacional chegou a 68 pontos e já não corre mais risco de ficar de fora dos quatro primeiros do Brasileiro. Atualmente, a equipe está na terceira posição. Já o Fluminense está na 14ª posição, com 42 pontos – apenas dois acima da zona de rebaixamento.

Na última rodada, o Internacional visita o Paraná, enquanto o Fluminense recebe o América-MG para decidir a permanência na Série A. Antes disso, o time carioca enfrenta o Atlético-PR, no Maracanã, na próxima quarta-feira (28), pelo jogo de volta da semifinal da Copa Sul-Americana. A equipe foi derrotada por 2 a 0 no primeiro encontro e precisa reverter a desvantagem para chegar à decisão.

O melhor: Nico López 
Ricardo Duarte/Internacional

Nico López protagonizou o lance mais bonito – e decisivo – da partida. O uruguaio marcou um golaço com um chute de primeira da entrada da área para colocar a equipe em vantagem. Antes disso, ele já vinha sendo o jogador mais participativo do Colorado no confronto.

O pior: Jonatan Álvez

Jonatan Álvez teve atuação apagadíssima neste domingo. O uruguaio teve chance de marcar para o Internacional no primeiro tempo, mas isolou ao aproveitar uma bola sobrada dentro da área. Ele foi substituído aos 18 minutos do segundo tempo para a entrada de William Pottker.

Inter domina primeiro tempo, mas cria pouco

O Inter tomou a iniciativa no primeiro e ditou o ritmo das ações no Beira-Rio nos primeiros 45 minutos. Com domínio de posse de bola, o time da casa passou boa parte da etapa inicial no campo de ataque. Isso, no entanto, não se refletiu em chances criadas. A única oportunidade clara aconteceu aos 18 minutos, quando D'Alessandro cobrou falta em cima da barreira e a bola sobrou para Jonatan Álvez. O uruguaio, no entanto, isolou na finalização ao mandar para cima do gol.

Mudança melhora Inter na volta do intervalo

Se o primeiro tempo foi de poucas chances, depois do intervalo o Inter chegou de forma muito mais incisiva ao gol de Rodolfo. Em menos de cinco minutos, a equipe teve duas oportunidades de inaugurar o placar. A primeira delas veio com Nico López. O atacante fez boa jogada individual e bateu cruzado, mas parou em defesa do goleiro do Flu. Logo na sequência, o D'Alessandro pegou uma bola na entrada da área e mandou muito perto da trave.

Nico López decide com um golaço

Foi com um chute preciso e de rara felicidade que Nico López marcou o gol do Internacional aos 28 minutos do segundo tempo. O uruguaio aproveitou uma sobra na entrada da área após cobrança de escanteio e mandou uma bomba para a rede.

Nico voltaria a deixar a sua marca aos 43 minutos, ao completar na saída do goleiro um belo passe de D'Alessandro. Ele superou Leandro Damião como artilheiro da equipe na competição, com 11 gols.

Léo é expulso e complica o Fluminense

Após ficar em desvantagem no placar, o Fluminense viu a situação ficar ainda mais complicada quando Léo recebeu o cartão vermelho. O jogador, que já tinha recebido o amarelo, cometeu falta em Rossi e acabou expulso de campo. Com um a menos, o time carioca não conseguiu esboçar reação e viu os gaúchos ampliarem. Ele cumprirá suspensão no jogo decisivo contra o América-MG, que vale a permanência na Série A.

Seca no Flu aumenta

Além da ameaça do rebaixamento, o Fluminense deixou o campo neste domingo com uma marca incômoda: sete jogos sem balançar as redes. O time carioca não marca desde a vitória por 1 a 0 contra o Nacional, do Uruguai, pela Sul-Americana, no dia 31 de outubro. Pelo Brasileiro, a seca é ainda maior – desde a 30ª rodada, na vitória por 1 a 0 contra o Atlético-MG, no dia 21 de outubro.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2 X 0 FLUMINENSE

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data e horário: 25 de novembro de 2018, às 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes:  Kleber Lúcio Gil e Henrique Neu Ribeiro (ambos de SC)

Cartões amarelos: D'Alessandro (INT), Fabiano (INT), Rossi (INT); Léo (FLU), Everaldo (FLU)
Cartão vermelho: Léo (FLU)

Gols: Nico López, aos 28 e 43 minutos do segundo tempo.

Internacional
Marcelo Lomba; Fabiano, Victor Cuesta, Moledo e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick (Rossi) e D'Alessandro (Camilo); Nico López e Jonatan Álvez (William Pottker). Técnico: Odair Hellman

Fluminense
Rodolfo; Léo, Paulo Ricardo, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Jadson e Fernando Neto (Marcos Junior); Junior Dutra, Everaldo (Cabezas) e Luciano. Técnico: Marcelo Oliveira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos