Andrey supera oscilação e se firma no Vasco em reta final de temporada

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Thiago Ribeiro/AGIF

    Andrey comemora gol sobre o São Paulo. jogador recuperou posição após oscilar

    Andrey comemora gol sobre o São Paulo. jogador recuperou posição após oscilar

Andrey surgiu com grande potencial no Vasco no início do ano. Com um chute potente, ele marcou belos gols e conseguiu garantir espaço no time titular. O problema é que as trocas de treinador o fizeram oscilar, e ele acabou entre os reservas com a chegada de Alberto Valentim. 

Foram quatro partidas de angústia no banco. O treinador gosta de volantes mais marcadores, e os dois chegaram a ter uma discussão durante empate com o Flamengo, em Brasília, por conta desse motivo. 

No jogo seguinte, ficou no banco na vitória sobre o Bahia e nem sequer foi a campo. No empate com o Santos, foi titular, mas acabou expulso. Voltou no empate com o Botafogo e não deixou mais o time titular. Aparou as arestas com Valentim e recuperou a vaga no time.

Andrey, portanto, reconquistou seu espaço mesmo com características diferentes das preferidas pelo treinador. Nem tanto "pegador", mas com muita qualidade no passe e um chute potente.

Foi justamente assim que o jogador brilhou nessa reta final. Na vitória mais importante da equipe, sobre o São Paulo, em São Januário, Andrey conseguiu unir as duas características.

Ele roubou a bola de Jucilei e ainda acertou um belo chute de fora da área para vencer Jean e dar a vitória ao Vasco. O gol foi decisivo para manter o time na briga pela elite do Campeonato Brasileiro e precisar apenas de um empate contra o Ceará na rodada final.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos