Interino do Flu diz que momento é de simplificar: "não dá para inventar"

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Lucas Merçon/Fluminense

    Fábio Moreno acompanha Marcelo Oliveira em treino do Fluminense

    Fábio Moreno acompanha Marcelo Oliveira em treino do Fluminense

Escalado para salvar o Fluminense do rebaixamento, o auxiliar Fábio Moreno fez seu primeiro pronunciamento como técnico do Fluminense.

Moreno disse que o momento é de fazer o simples e trabalhar o aspecto psicológico do grupo tricolor.

Não dá para inventar muito e querer ser protagonista. Entrar na cabeça do jogador, fazer o simples e fazer um grande jogo. É decisivo, tem grande apelo muito e querer ser protagonista. É entrar na cabeça do jogador, fazer o simples e fazer um grande jogo. É decisivo, tem grande apelo", disse ele.

O treinador falou sobre sua vivência ao lado de Abel Braga, mas evitou falar se vai adotar o esquema com três zagueiros. Ele analisou o momento e diz estar ciente do tamanho do desafio.

"A queda significa uma série de dificuldades, como queda de receita. Sem falar a paixão do torcedor. Por tudo isso, sinto a responsabilidade que tenho. Mas também sei da competência e que o trabalho pode nos tirar dessa situação", afirmou.

Antes do treino desta sexta, o profissional falou do desafio antes de encarar no domingo o América-MG, 17h, no Maracanã.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos