UOL Esporte Futebol
 
24/05/2010 - 16h05

Jogadores assumem responsabilidade e Givanildo segue como técnico do Sport

Do UOL Esporte
Em São Paulo

A euforia pelo pentacampeonato Pernambucano chegou ao fim e o clima no Sport pesou após a goleada por 4 a 1 contra o ASA-AL, em Arapiraca. Após o resultado o técnico Givanildo Oliveira colocou o seu cargo a disposição, mas segue no comando da equipe, isso porque os jogadores assumiram a responsabilidade pela má fase e o presidente do clube, Silvio Guimarães, não aceitou o pedido do treinador.

O SPORT NO TWITTER

“A gente sabe que o Givanildo não tem culpa do que aconteceu e lá dentro quem decide é a gente. As coisas ruins viram para o lado bom rápido, então teremos aí dois dias para dar a resposta e contra o Icasa vencer e convencer”, declarou o meia Eduardo Ramos, que chegou ao clube nesta temporada e foi um dos destaques no Estadual.

Outro que também se mostrou solidário ao treinador é o lateral esquerdo Dutra, que tem 208 jogos com a camisa do Sport e esteve na campanha do rebaixamento no ano passado. O jogador pediu paciência para os torcedores e disse que quem tem de ser cobrado são os atletas e não Givanildo Oliveira.

"Se o torcedor tem que cobrar de alguém é de nós jogadores, não jogamos o suficiente. Givanildo já venceu um campeonato sendo contestado. Pedimos a compreensão do torcedor. Estamos formando um grupo novo, com jogadores que estão chegando. Deem um crédito para o Givanildo, ele é um vencedor. Pedimos também pra o presidente dar mais um tempo para Givanildo", desabafou Dutra.

Na próxima terça-feira o Sport enfrenta o Icasa, às 21h50 (de Brasília), na Ilha do Retiro e a equipe vai entrar pressionada para conquistar uma vitória de qualquer jeito e dar um basta nesta crise que esta rondando o time. Ciente desta obrigação, Eduardo Ramos ainda crê que o time chegará à parada da Copa do Mundo entre os primeiros na classificação.

“Se tiver que ser na força, ou do jeito que for temos que estar unidos para conseguir esta vitória. Essa pressão é uma coisa boa para sacudir a gente, para melhorar o que tiver e o que não tiver a gente vai buscar manter. Precisamos provar que a gente tem qualidade e capacidade, não se desaprende a jogar futebol de um dia para o outro. Temos condição de até a parada colocar o Sport entre os primeiros”, finalizou.

 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host