UOL Esporte Futebol
 
29/05/2010 - 07h00

Para se manter na ponta, Bahia recebe o Sport em crise e atrás da 1ª vitória

Filipe Grecco e Rodrigo Faria
Em São Paulo

Os dois únicos Campeões Brasileiros da região nordeste, Bahia e Sport, se enfrentam na tarde deste sábado, às 16h10 (de Brasília), no estádio Pituaçu, em Salvador, pela quinta rodada do da Série B. As duas equipes entram com objetivos bem diferentes em campo, enquanto os baianos querem permanecer na parte de cima da tabela, os pernambucanos buscam a primeira vitória.

Com dez pontos ganhos, a equipe baiana começou a rodada como líder, e ainda não sabe o que é uma derrota no certame nacional. Por conta dessa boa campanha que o Bahia vem fazendo neste início de competição, a expectativa é de casa cheia neste sábado. De acordo com a assessoria de imprensa do clube, até a tarde da última sexta-feira, 29 mil ingressos já haviam sido comercializados para o duelo diante dos pernambucanos.

No entanto, apesar do bom momento no clube, as coisas esquentaram no treino de sexta, no CT do Fazendão. O volante Leandro e o meia Rogerinho se estranharam após uma dívida, discutiram e houve, inclusive, tentativa de agressão. O treinador tricolor tratou de expulsá-los de campo, mas nem por isso os jogadores ficarão de fora da partida.

“Não estou preocupado (com a briga), estamos focados para o jogo. O que aconteceu, na verdade, foi devido à vontade dos dois de ganhar. Eu gosto disso”, afirmou Renato Gaúcho, que manterá os “brigões” na equipe titular.

Para o jogo, o único desfalque do Bahia será o meia Morais, que ainda se recupera de dores no tornozelo esquerdo. O lateral direito Apodi, que fazia trabalhos de aprimoramento físico, retorna ao time e, no meio campo, o volante Marcone deve entrar na vaga de Bruno Silva. Já atacante Aleílson, recém-contratado pelo clube, foi relacionado pela primeira vez e pode aparecer no banco de reservas.

A boa notícia é que Rodrigo Gral, artilheiro da equipe na temporada, permanecerá no clube tricolor e é presença certa contra o Sport. Após receber proposta do Ceará, o atacante se reuniu com a direção do Bahia e terá o seu salário dobrado para permanecer no clube até o final da Série B.

Já a fase do Sport é bem diferente da vivida pelo rival nordestino. A equipe não sabe o que é vencer nesta Série B do Campeonato Brasileiro, perdeu três jogos, empatou um e ocupa apenas a 18ª colocação na tabela e neste momento estaria rebaixado para a Série C, local que o Bahia já frequentou.

Por conta disso, o técnico Givanildo Oliveira foi demitido logo após a derrota para o Icasa, na última terça-feira, por 2 a 1, na Ilha do Retiro. Apesar de já ter anunciado o nome de Toninho Cerezo como o novo treinador do Sport, quem vai comandar a equipe neste sábado é Levi Gomes, técnico das categorias de base do clube. Além do treinador, o lateral direito Júlio Cesar, o zagueiro Dirley e os meias Odair José e Kassio, também foram dispensados.

A principal alteração de Levi Gomes para a partida contra o Bahia será na formação da equipe que deixa de atuar no esquema 4-4-2, para jogar no 4-5-1, com apenas Dairo no ataque, já que Ciro voltou a sentir uma lesão no tornozelo e foi vetado pelo departamento médico. Outro que também fica de fora por questões médicas é o volante Daniel Paulista, que está com uma virose.

Por conta disso, e também pela suspensão de Zé Antonio, que foi expulso contra o Icasa, o técnico Levi Gomes mexeu bastante no setor de meio campo. Tobi deixa a zaga e vai fazer dupla de volantes com Moisés, que fará sua estreia como titular da equipe. Outra mudança é a utilização de dois meias, com isso Eduardo Ramos terá dividida a função de armar o jogo com Adriano Pimenta, que fará sua primeira partida desde o início após ter se recuperado de uma cirurgia no joelho.

Mais duas mudanças aconteceram na defesa. O zagueiro Cesar retorna ao time titular, para fazer dupla com Igor, e com a dispensa do lateral direito Júlio Cesar, o jovem Renato, que trabalhou com Levi Gomes nas categorias de base, também vai vestir pela primeira vez a camisa de titular.

“Quanto o máximo você simplificar, as coisas ficam mais bonitas, então foi isso que eu procurei fazer. Diante daquilo que eu observei do Bahia se fizerem o que eu pedi a gente não terá tantos problemas. Agora, se deixar eles tocarem a bola e usar a velocidade nos lados do campo, aí vamos nos complicar. Espero que eles tirem esse espaço, marquem forte na origem da jogada, para que a gente saia nos contra-ataques e se Deus quiser conseguir essa vitória”, explicou o treinador.

BAHIA X SPORT

Data: 29/05/2010 (sábado)
Horário: às 16h10 (de Brasília)
Local: estádio do Pituaçu, em Salvador (BA)
Árbitro: Djalma José Beltrami Teixeira (RJ)
Auxiliares: Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)

BAHIA
Omar; Apodi, Nen, Alisson e Ávine; Marcone, Leandro, Ananias, Rogerinho e Vander; Rodrigo Gral
Técnico: Renato Gaúcho

SPORT
Magrão; Renato, Igor, Cesar e Dutra; Tobi, Moisés, Germano, Eduardo Ramos e Adriano Pimenta; Dairo
Técnico: Levi Gomes (interino)

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host