UOL Esporte Futebol
 
07/08/2010 - 18h04

Brasiliense vence mais uma e respira; Vila Nova perde mais uma

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O técnico Roberto Cavalo não estreou bem no comando do Vila Nova. Contratado para tentar melhorar a péssima campanha da equipe goiana na Série B, o treinador não conseguiu impedir a derrota do alvirrubro para o Brasiliense por 3 a 0 no Serejão, em Taquatinga-DF, na tarde deste sábado, pela 12ª rodada da Série B. Jean marcou duas vezes antes dos 10min de jogo e Enílton, já no final da partida, fez o terceiro.

Com a derrota, o Vila Nova segue seu calvário no ano. Depois de um desempenho decepcionante no Campeonato Goiano, a equipe de Goiânia tem, de longe, a pior campanha na Série B, já estando a oito pontos do último time fora da zona de rebaixamento. Nos últimos dez jogos, o Vila Nova só conseguiu um empate e soma apenas quatro pontos em 12 rodadas.

Já o Brasiliense voltou a vencer jogando em casa, apesar de o Serejão ter recebido pouco público neste sábado. Em sete jogos em Taquatinga, foram quatro vitórias e três empates, somando 15 dos 17 pontos conquistados na competição pelo time do Distrito Federal. O triunfo desta tarde leva a equipe à 11ª colocação na Série B, ultrapassando o ASA e o Icasa.

Os donos da casa, atuando mais uma vez com o polêmico uniforme em homenagem ao rock and roll, aproveitaram as falhas da zaga do Vila Nova nos primeiros minutos de jogo para abrir o placar e praticamente garantir a vitória. Aos 7min, Iranildo cobrou falta na área, a bola bateu e rebateu na pequena área até que Juninho caísse sobre a bola e, de barriga, fizesse contra. O gol, porém, foi anotado para Jean.

Três minutos depois o ex-atacante do Vasco balançou ele mesmo as redes. Jean recebeu nas costas da zaga do Vila Nova e, na saída do goleiro, tocou rasteiro, com categoria, e ampliou. Os goianos quase descontaram no lance seguinte. Davi recebeu na esquerda da área, bateu forte, no ângulo, mas a bola explodiu no travessão.

Na segunda etapa, quase só deu Vila Nova. Com somente um atacante, o Brasiliense não conseguia criar. O ataque dos goianos também não funcionava e, assim, quem voltou a marcar foi o time da casa. Enílton, de cabeça, fez o terceiro, aos 42min.
 
BRASILIENSE 3 X 0 VILA NOVA

Brasiliense
Eduardo; Cicinho, Santiago, Dezinho e William; Deda, Alisson, Thiaguinho (Michel) e Iranildo (Ferrugem); Jean (Rosembrick) e Enilton.
Técnico: Ivo Wortmann

Vila Nova
Weverton, Juninho, Mimica, Eder Lima e Jorge Henrique; Erick, Rodrigo Thiesen, Mateus (Gil) e David (Davi Ceará); Roni e Bruno Lopes (Max Pardalzinho).
Técnico: Roberto Cavalo

Local: Estádio Serejão, em Taguatinga-DF
Data: 07/08/2010 (sábado)
Árbitro: Jefferson Schmidt (SC)
Auxiliares: Marco Antonio Martins (SC) e Eberval Lodetti (SC)
Público: 3.010 pagantes
Renda: R$ 10.088,00
Cartões amarelos: Cicinho e Dezinho (Brasiliense); Rodrigo Thiesen, Davi e Roni (Vila Nova)
Gols: Jean aos 4min e aos 1min do primeiro tempo e Enílton aos 41min do segundo tempo

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host