UOL Esporte Futebol
 
10/08/2010 - 22h14

Fernandes: Santo André matou a fome e o América estava de 'barriga cheia'

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

O técnico Mauro Fernandes considera que faltou “fome” ao América-MG na derrota para o Santo André, por 3 a 0, na noite desta quarta-feira, no estádio Bruno José Daniel. “Além de termos jogado muito mal, no Santo André parecia que todo mundo estava com fome e a bola era o prato de comida”, afirmou o treinador americano.

“Eles queriam matar a forma e nós estávamos com a barriga muito cheia, então, tivemos preguiça no jogo e além do mais, time do Santo André não apenas jogou melhor, mas foi mais feliz”, acrescentou Mauro Fernandes, referindo-se a dois chutes de longa distância acertados por Cicinho e Pio, que marcaram o segundo e o terceiro gol da equipe mandante.

A abertura do placar pelo Santo André aconteceu com um gol marcado por Nando, em cobrança de pênalti. “Foi um lance bobo, que não poderia ter acontecido, até mesmo pela experiência do nosso sistema defensivo”, comentou.

Segundo o treinador, o América voltou um pouco melhor no segundo tempo, mas, muito aquém do que o time pode render. “Não foi o América que conhecemos e que sabemos que tem condição de jogar. Quando a gente tinha mais posse de bola, mesmo sem criatividade, acertaram chute que decretou a vitória deles”, analisou.

Mauro Fernandes lamentou que o seu time não tenha conseguido força nem ao menos para fazer um gol que poderia “incendiar” o jogo. “Algumas peças estiveram aquém do que poderiam, perdemos por um resultado que pelo que jogamos poderia até ter sido pior”, disse.

“Nem só de flores vive o jardim, tem dia que as flores caem e ficam os espinhos, hoje foi esse dia, sabíamos que tinha de melhorar, porque ganhamos do Duque de Caxias sem jogar bem e hoje jogamos mal e perdemos”, comentou.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host