Topo

Série B - 2019


Após 'renascer', Figueirense recebe ABC e tenta emplacar 3ª vitória seguida

Do UOL, em São Paulo

12/11/2013 06h00

Duas rodadas atrás, o discurso do Figueirense era de desânimo. Poucos acreditavam no retorno à Série A do Campeonato Brasileiro. Mas a história mudou completamente após duas vitórias seguidas e tropeços dos adversários. O time está a um ponto do G-4. Diante disso, o jogo diante do ABC, nesta terça-feira, no Orlando Scarpelli, pode até selar seu retorno à zona de acesso.

O time de Vinicius Eutrópio vem embalado por triunfos diante do Avaí e do Guaratinguetá. Com isso, chegou aos 52 pontos, um atrás do Icasa, primeiro integrante do grupo dos quatro melhores. Ou seja, o time ‘renasceu’ na Série B do Brasileiro.

“Os resultados desta última rodada nos favoreceram. Além disso, a gente teria que ganhar [do Guaratinguetá] e conseguimos. Nós chegamos, e time grande quando chega é difícil de não chegar ao objetivo”, disse o lateral esquerdo Wellington Saci, que irá cumprir suspensão automática.

Sem um lateral de ofício, uma vez que Henrique Miranda foi dispensado, o treinador deve optar por Rivaldo ou Luan para ser titular diante da equipe potiguar.

O jogo, porém, não é decisivo apenas para o time catarinense. O ABC também quer se afastar definitivamente da zona de rebaixamento. A quatro jogos para o encerramento, soma 39 pontos, três à frente do Paysandu, primeiro da degola.

“Temos a noção de que vencer o Figueirense em sua casa será muito complicado. Mas vamos tentar. Isso será fundamental para nosso time ganhar ânimo nesta reta final”, comentou o técnico Roberto Fernandes.

FIGUEIRENSE X ABC

Local: Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)

Data: 12/11/2013

Horário: 19h30

Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (MG)

Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Silbert Faria Sisquim (RJ)

 

Figueirense

Tiago Volpi; André Rocha, Thiego, Douglas Marques e Luan; Paulo Roberto, Rivaldo, Maylson; Éverton Santos, Rafael Costa e Pablo 

Técnico: Vinicius Eutrópio

 

ABC

Renato, Flávio Boaventura, Lino e Wesley Bigú (Bileu); Daniel Paulista, Edson, Somália e Giovanni Augusto; Gilmar (Pingo) e Rodrigo Silva

Técnico: Roberto Fernandes