Com gol de bicicleta, Bragantino bate Joinville e finda jejum de oito jogos

Do UOL, em São Paulo

Um gol de placa de Léo Jaime fez o Bragantino, enfim, fazer as pazes com a vitória. Em duelo disputado na tarde deste sábado, em Bragança Paulista, o time agora comandado por PC Gusmão, que fez a sua estreia nesta 14ª rodada, venceu o Joinville por 1 a 0 e desta forma voltou a vencer depois de mais de dois meses – ou oito jogos.

Com o resultado, o Bragantino acabou com uma sequência de seis derrotas consecutivas, sendo duas delas pela Copa do Brasil, mas ainda assim segue na zona de rebaixamento, agora com 13 pontos, na 18ª colocação.

O Joinville, por sua vez, chega a três derrotas consecutivas e estaciona nos 23 pontos. Porém, com os tropeços dos rivais nesta 14ª rodada, continua dentro do G-4, na quarta colocação.

O melhor: Léo Jaime. Não só pelo gol, de placa, mas por ter sido um dos jogadores mais agudos e perigosos do Bragantino.

O pior: Edigar Junio. Foi expulso logo aos 23min de jogo após receber dois amarelos e desmontou o esquema do Joinville, que não conseguiu superar a desvantagem numérica.

Chave do jogo: Expulsão de Edigar Junio. Com um a menos, ficou mais fácil para o Bragantino, que logo depois de ficar com um a mais já abriu o placar. Depois, foi só administrar.

Toque dos técnicos: Estreante do dia, PC Gusmão armou bem o Bragantino, que mesmo antes de ficar com um homem a mais, já vinha dominando o confronto. Depois da expulsão, a vida do treinador ficou ainda mais fácil.

Já Hemerson Maria até tentou colocar o time para frente mesmo com um a menos. Mas faltou poder ofensivo ao time catarinense.

Para lembrar:

Sem dente! Tobi recebeu uma cotovelada de Jael e acabou perdendo um dente. Logo depois, o zagueiro do Bragantino deixou o campo substituído.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos