Contra Atlético-GO, América quer embalar após STJD e iniciar volta ao G4

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Divulgação/Site do América-MG

    Jogadores do América-MG querem sequência de vitórias para levar o time de volta ao G4

    Jogadores do América-MG querem sequência de vitórias para levar o time de volta ao G4

Motivado pela recuperação via Pleno do STJD de 15 dos 21 pontos que tinha perdido no primeiro julgamento por uso irregular do lateral esquerdo Eduardo, o América-MG recebe o Atlético-GO, nesta sexta-feira, no Independência, às 19h30, disposto a provar em campo que voltou à briga pelo G4 da Série B. Com a nova punição, que lhe tirou seis pontos, o time americano soma 34, ocupando a 10ª posição, uma abaixo do seu adversário, que tem 35 pontos. Dessa forma, a partida no Horto ganhou ares de confronto direto.

O América-MG tinha sido punido, em 15 de setembro, com a perda de 21 pontos, em julgamento pela Primeira Comissão Disciplinar do STJD. Isso o havia colocado na lanterna da Série B, com 12 pontos. Depois em 12 pontos disputados em campo, a equipe americana somou sete, indo a 19, o que o colocava a um ponto do penúltimo colocado, o Vila Nova-GO. Como recuperou a maioria dos pontos tomados, foi para o meio da tabela, mas a equipe mineira quer mostrar força para se reaproximar do G4.

Antes do imbróglio envolvendo o lateral esquerdo Eduardo, que já deixou o clube, o América-MG esteve por 16 rodadas entre os quatro classificados parea a Série A em 2015, além de ter liderado a competição. Denunciado pelo Joinville, atual terceiro colocado, o time americano caiu de rendimento também em campo, chegando a acumular quatro derrotas seguidas. Nesse período, houve troca de treinador, com a saída de Moacir Júnior e a contratação de Givanildo Oliveira.

Nos três últimos jogos, o América-MG mostrou sinal de recuperação nas quatro linhas, quando venceu Vila Nova-GO e Santa Cruz, ambos por 1 a 0, e empatou com o Joinville, em 1 a 1. "A gente teve forças para recuperar isso, recuperar a felicidade que a gente vinha tendo no início do ano. É importantíssimo conseguir esses resultados fora de casa e vencer dentro de casa. Ainda mais em um campeonato difícil como é o Brasileiro. A gente vai procurar manter isso e continuar nessa mesma pegada para que a gente possa conquistar mais pontos", afirmou o veterano atacante Obina.

O Atlético-GO vem de vitória sobre a Portuguesa, por 2 a 1, em casa, mas sofreu duas derrotas consecutivas, ambas por 2 a 0, para ABC e Joinville, quando atuou como visitante. Apesar disso, o pensamento atleticano é encarar o América, no Independência, mesmo reconhecendo a força do adversário como mandante. "Temos que respeitar o adversário por estarmos longe de casa, mas também temos que nos impor e buscar dominar o jogo da mesma forma que fazemos jogando no Serra Dourada", observou o volante Willian Arão, que estreou na rodada passada.

No primeiro turno, o Atlético-GO impôs a primeira derrota ao América-MG, ao vencê-lo, por 3 a 0, em 27 de maio, antes da Copa do Mundo, como mandante. Com 35 pontos, o time atleticano está a 12 pontos de distância do Vasco, que gecha o G4, e a oito do Icasa, que abre a zona de rebaixamento. "Se ganharmos duas seguidas temos chances de brigar em cima novamente. Temos que pensar jogo a jogo", acrescentou Willian Arão.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos