Atlético-GO derrota Vila Nova de virada, dorme no G-4 e afunda rival

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Atlético-GO deu um passo importante para disputar a Série A do Campeonato Brasileiro em 2015 ao derrotar o Vila Nova, de virada, por 3 a 1, no Serra Dourada, pela 33ª rodada da competição nacional. A equipe rubro-negra, que marcou com Kayke, Diogo Campos e Júnior Viçosa, entrou momentaneamente no G-4 ao alcançar sua quinta vitória seguida e precisa "secar" os concorrentes no sábado.

Por outro lado, o Vila Nova, que abriu o placar com Christiano, mostra a cada rodada que deverá mesmo ser rebaixado para a Série C. O descenso deverá ser confirmado nas próximas rodadas porque faltando cinco jogos para o fim, a equipe precisa tirar 12 pontos de diferença para Oeste e ABC, que estão fora da "turma da degola."

Fases do jogo:
A partida começou com o Atlético-GO dominando as principais ações e dava a impressão que abriria o placar rapidamente. Com apenas sete minutos, o meio-campo Thiago Primão entrou na área e finalizou torto ao ficar na frente do goleiro André Luís.

Por outro lado, o Vila Nova exercia uma marcação forte e buscava espaço para explorar os erros do rival para sair em velocidade ao ataque. O time colorado cometia muitos erros de passe e isso atrapalhava a progressão das jogadas.

A situação do Vila piorou, aos 26, quando Wanderson precisou entrar em campo após a saída de Arthur. O lateral direito precisou deixar o campo após sofrer uma entrada dura do atacante Diogo Campos.

Mesmo assim, a equipe colorada continuou se superando e após sofrer alguns sustos conseguiu abrir o placar, aos 33. Christiano arrancou em velocidade pelo lado esquerdo e finalizou cruzado para vencer Márcio. O Atlético-GO tentou se organizar e acabou chegando ao empate, aos 41, com Kayke.

A equipe rubro-negra seguiu pressionando e acabou sendo premiada, aos 44, com o gol da virada. Jorginho fez boa jogada pelo lado direito e cruzou para Diogo Campos deixar sua marca.

O segundo tempo iniciou com o Vila Nova tentando reagir e tinha mais posse de bola. No entanto, o time era muito lento na conclusão das jogadas demonstrava pouca objetividade. O Atlético-GO atuava mais compacto em seu campo na expectativa de explorar o bom momento do meia Jorginho e do atacante Kayke.

Os dois times fizeram substituições em seus ataques na expectativa de melhorarem seus rendimentos na frente. O panorama pouco se alterou porque o Atlético-Go seguia melhor. No fim, aos 37, a equipe rubro-negra marcou um belo gol com Júnior Viçosa e entrou momentaneamente no G-4.

O melhor:
Jorginho.
O meia do Atlético-GO teve participação nos dois gols de sua equipe e foi muito acionado, principalmente na primeira etapa.

O pior:
Nenê Bonilha.
O meio-campo do Vila Nova correu muito e mostrou disposição, mas foi pouco produtivo na armação de jogadas.

Chave do jogo:
O Atlético-GO demorou para mostrar seu melhor futebol, mas bastou sofrer o primeiro gol para acordar e mostrar excelente poder de reação. A equipe rubro-negra se defendeu com qualidade no segundo tempo e confirmou sua vitória com belo gol de Júnior Viçosa no fim.

Para lembrar:

Suspenso. O zagueiro Gabriel recebeu o terceiro cartão amarelo na noite desta sexta-feira e desfalca o Vila Nova na próxima partida.

Próxima rodada. O Atlético-GO volta a jogar na sexta-feira, às 21h, contra o Ceará, no Castelão. Por outro lado, o Vila Nova enfrenta o Paraná, sábado, às 21h, no Serra Dourada.

ATLÉTICO-GO 3 x 1 VILA NOVA

Data:
31/10/2014 (sexta-feira)
Local: Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: João Patrício de Araújo (GO) e Adailton Fernando Menezes (GO)
Cartões amarelos: Diogo Campos (Atlético-GO); Arthur, Gabriel, Nenê Bonilha e Felipe Macena (Vila Nova)
Gols: Christiano, aos 33, Kayke, aos 41, e Diogo Campos, aos 44 minutos do primeiro tempo; Júnior Viçosa, aos 37 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-GO
Márcio, Mateus Caramelo, Artur, Lino e Thiago Feltri (Victor Oliveira); William Arão, Pedro Bambu, Thiago Primão e Jorginho; Diogo Campos (André Luis) e Kayke (Júnior Viçosa)
Técnico: Wagner Lopes

VILA NOVA
André Luís, Arthur (Wanderson), Gabriel, Gustavo e Christiano; Leonardo, Léo Rodrigues, Felipe Macena (Itallo), Paulinho e Nenê Bonilha; Dimba (Jaime)
Técnico: Wladimir Araújo

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos