É decisão! Botafogo encara vice-líder em momento-chave da Série B

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Vitor Silva / SSPress

O clima de decisão está no ar para a partida entre Botafogo e Vitória, neste sábado, às 15h, em Salvador. O duelo entre líder e vice-líder ocorre em um momento-chave da Série B, que soma os oito times com uma diferença de apenas quatro pontos. Há uma linha muito tênue entre o sucesso e o fracasso.

Na última rodada, por exemplo, o Botafogo entrou em campo fora do G4. Bastou vencer o Atlético-GO (e secar o Vitória) para terminar a 22ª rodada na liderança. A situação é a mesma para a 23ª rodada. Com times embolados, o Alvinegro pode cair da ponta até para a 5ª colocação. Por outro lado, um triunfo poderia consolidar o bom momento.

Além de Jefferson, com a seleção brasileira, Carleto, Daniel Carvalho e Neilton estão vetados pelo departamento médico – todos com lesões musculares. Elvis viajou para Salvador na última sexta-feira, mas ainda é dúvida por causa de dor na coxa direita. Esses problemas

"O Vitória tem um bom time, e o jogo vai ser dificílimo. Nossa equipe está muito mudada e por isso fico um pouco preocupado. Quem entra faz mudar a forma de o time jogar, já que os atletas não têm a mesma característica. Queremos dar ao Botafogo uma forma de jogar e quando você muda diminui a chance de sucesso. Mas por vezes, as coisas dão certo quando você não espera. Então vamos ver", disse o técnico do Botafogo, Ricardo Gomes.

"Não temos que dar resposta, temos que trabalhar bem. É um jogo importante por ser um adversário direto, mas são os mesmos três pontos do jogo contra o Atlético. A vitória deu uma aliviada, depois de começarmos a partida fora do G-4. Não tem nada definido no campeonato, então temos que aumentar nossa diferença, que é mínima. É muito cedo para falar em resposta. Aliás, ela tem que ser para nós mesmos, e não para os outros", completou o treinador.

UOL Cursos Online

Todos os cursos