Torcedores de Vasco e Vila Nova brigam e spray de pimenta paralisa jogo

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Reprodução / Premiere

    PM (direita) utiliza spray de pimenta para conter briga entre torcidas de Vasco e Vila Nova

    PM (direita) utiliza spray de pimenta para conter briga entre torcidas de Vasco e Vila Nova

Uma briga entre torcedores de Vasco e Vila Nova, que teve início ainda no intervalo, chegou a paralisar a partida no início do segundo tempo no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), nesta terça-feira, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

A pausa se deu por conta do spray de pimenta utilizado pelos policiais militares para apartar a confusão, que aconteceu no anel superior da arquibancada.

Com o vento, o produto chegou até o gramado e os jogadores ficaram com a vista e garganta irritadas, obrigando a arbitragem a esperar por cerca de três minutos.

O tumulto foi contornado e o local teve a segurança reforçada para evitar novos confrontos.

Por conta do incidente, o árbitro Marcelo Aparecido de Souza deu seis minutos de acréscimo. 

TORCIDA DO VASCO É REINCIDENTE 

Esta não foi a primeira vez que a torcida do Vasco se envolveu em uma confusão na parte interna do estádio Mané Garrincha. No Campeonato Brasileiro de 2013, os cruzmaltinos se envolveram em uma grande pancadaria com corintianos. Na ocasião, os paulistas invadiram o setor dos cariocas.
 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos