Árbitro relata soco de Diguinho em boca de PM após Vasco x Vila Nova

Do UOL, no Rio de Janeiro

Um dia após ser levado à delegacia, o volante Diguinho teve seu suposto caso de agressão a um policial militar relatado pelo árbitro na súmula da partida Vila Nova 0 x 2 Vasco, que ocorreu nesta terça-feira, no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).

Marcelo Aparecido de Souza colocou no documento a denúncia do PM em questão, alegando ter recebido um soco na boca do jogador cruzmaltino. O árbitro, no entanto, informa não ter presenciado a cena, mas atesta ter visto um sangramento na região.

"Após o termino da partida, fomos informados pelos policiais militares responsáveis pela segurança da equipe de arbitragem, que o soldado pm William Lyra Dorissio, rg 2340614-ssp-df, teria sido agredido com um soco na boca pelo jogador da equipe do CR Vasco da Gama n. 15 sr. Rodrigo Oliveira de Bittencourt, que já havia sido expulso após o término da partida. Informo ainda que a equipe de arbitragem não presenciou o fato acima relatado, porém ainda no campo o soldado pm acima citado se apresentou a equipe de arbitragem que constatou que o mesmo se encontrava com um corte na boca". 

Diguinho é acusado de lesão corporal leve e prestou depoimento por cerca de uma hora e meia numa delegacia de Brasília. O jogador foi acompanhado por dirigentes do Vasco e depois seguiu para o aeroporto, onde todo o restante da delegação o aguardava no voo fretado para a equipe.

O volante foi expulso logo depois do apito final após tentar apartar uma discussão entre seu companheiro Nenê e o meia Jean Carlos, do Vila Nova, que também recebeu o cartão vermelho. Inconformado, já que realmente não mereceu a advertência, o vascaíno se recusou a sair do gramado e iniciou discussões com as pessoas que tentavam retirá-lo.

DIGUINHO BRINCOU COM A SITUAÇÃO

Já dentro da aeronave, o lateral esquerdo Julio Cesar postou um vídeo no Instagram onde ele e Diguinho brincam com a situação (veja acima):

"Ele voltou, hein!", diz Julio, acompanhado por uma voz ao fundo: "Diguinho está de volta!".

Sorridente, Diguinho não aparenta estar preocupado com o caso:

"Liberdade! Liberdade!", diz o volante, que ainda ouve do lateral:

"Bigodinho do Mano Brown (vocalista dos Racionais MC's). Vida louca!".

UOL Cursos Online

Todos os cursos