Ainda sem técnico, Bahia vacila na defesa e perde a 3ª seguida na Série B

Do UOL, em São Paulo

Ainda sem contratar um treinador após a demissão de Doriva, o Bahia sofreu na noite desta terça-feira, no estádio Mário Helênio, a terceira derrota consecutiva na Série B. O time tricolor falhou duas vezes na defesa (em bolas até defensáveis para Marcelo Lomba) e perdeu por 2 a 0 do Tupi-MG, que não vencia na competição nacional há sete rodadas – desde o dia 24 de maio.

Com o resultado, o Bahia segue caindo na tabela. Com os mesmos 17 pontos que tinha há três rodadas atrás, agora aparece na sexta colocação. Já o Tupi-MG, apesar da vitória, continua na vice-lanterna, mas ao menos chega aos oito pontos e fica mais perto de deixar a degola.

O placar foi aberto aos 18min, após uma saída errada do Bahia na defesa. Hiroshi se antecipou a Danilo Pires, tirou dois defensores tricolores e arriscou de fora da área; a bola foi no canto e pingou no gramado pouco antes de Marcelo Lomba, que não conseguiu fazer a defesa. 1 a 0.

O Bahia até reagiu, chegou a acertar uma bola na trave com Renato Cajá no fim do primeiro tempo, mas voltou a vacilar no início da etapa final e viu o Tupi abrir 2 a 0. Aos 6min, Hiroshi cobrou falta na trave, a defesa tricolor demorou a reagir e Serrato completou para as redes.

O time tricolor chegou a diminuir aos 37min com um gol estranho de Luisinho, que foi lançado por Hernane, trombou com o zagueiro e goleiro e ainda assim conseguiu, sem ver, mandar a bola para as redes. Porém, a reação do Bahia parou por aí. Placar final: 2 a 1.

Para piorar...

Não bastasse a terceira derrota seguida, o Bahia não poderá contar com seu artilheiro na próxima rodada. Hernane recebeu o terceiro cartão amarelo e desfalcará a equipe tricolor no jogo de sexta-feira, contra o Brasil de Pelotas, no estádio Centenário.

UOL Cursos Online

Todos os cursos