Vasco vence CRB com golaço olímpico e pênalti defendido nos acréscimos

Do UOL, em São Paulo

  • Carlos Gregório Jr/Vasco

    Leandrão reage após finalizar para marcar o primeiro gol do Vasco sobre o CRB

    Leandrão reage após finalizar para marcar o primeiro gol do Vasco sobre o CRB

Não foi das melhores partidas do Vasco na Série B, mas ainda assim o time carioca 'deu um jeito' de conquistar mais três pontos na competição nacional. Em jogo disputado na tarde deste sábado, no Rei Pelé, a equipe comandada por Jorginho saiu atrás depois de uma falha feia da defesa (entre Júlio César e Aislan), mas contou com belos gols de Leandrão e Andrezinho (olímpico) e ótima atuação do goleiro Martin Silva (que pegou um pênalti nos acréscimos) para vencer o CRB de virada por 2 a 1 e disparar ainda mais na ponta.

A vitória leva o Vasco aos 28 pontos, deixando-o com cinco a mais que o vice-líder Ceará (23) e oito a mais que o quinto colocado Luverdense (20). O CRB, por sua vez, perde a chance de terminar esta 12ª rodada dentro do G-4 e estaciona nos 19 pontos, ficando com o sexto lugar.

Os times voltam a campo já na terça-feira. Enquanto o Vasco recebe o Paraná em São Januário, às 20h30, o CRB visita o Joinville na Arena Joinville um pouco mais cedo, às 19h15.

QUEM BRILHOU: MARTIN 'SALVA'

dois motivos: falta de precisão nas finalizações e Martin Silva. O goleiro do Vasco pegou um pênalti nos acréscimos, brilhou com pelo menos três grandes defesas ao longo do jogo e foi decisivo para a vitória do time carioca.

QUEM DECEPCIONOU: CADÊ O NENÊ?

Carlos Gregório Jr/Vasco

Principal arma do Vasco na temporada, Nenê esteve mal na tarde deste sábado. Com alguns passes errados e pouco participativo, não conseguiu fazer o Vasco criar.

FALHA DE UM LADO, FALHA DO OUTRO

Os dois gols do primeiro tempo saíram de falhas defensivas, a do Vasco mais gritante. Da esquerda, Júlio César recuou errado para Aislan e Lúcio Maranhão aproveitou; antes de dividir com Martin Silva, deu um toquinho na saída do goleiro e abriu o placar, aos 26min. Mas nem deu tempo de o CRB comemorar. Aos 29min, foi a vez de Luidy errar na saída de jogo; na sequência, em jogada individual, Leandrão fez boa jogada e, de esquerda, chutou rasteiro e deixou tudo igual.

QUE GOL É ESSE?

Um gol para ficar na história do estádio Rei Pelé. Aos 12min do segundo tempo, Andrezinho, que até então estava apagado no jogo, encheu a bola de efeito na cobrança de escanteio da esquerda, surpreendeu o goleiro Juliano e marcou um raro gol olímpico. Golaço.

PÊNALTI POLÊMICO MARCADO POR ASSISTENTE

Um lance polêmico tomou conta do fim do jogo no Rei Pelé. Galdezani caiu dentro da área após disputa com Aislan e, inicialmente, o árbitro mandou o jogo seguir. O assistente, porém, viu falta do vascaíno e assinalou pênalti, marcado pelo juiz. Na cobrança, Martin Silva defendeu a cobrança de Diego.

VASCO PRECISA DE MAIS UM 9?

Pressionado pela busca de mais uma camisa 9 pela diretoria vascaína (Leandro Damião é um dos alvos), Leandrão deu a resposta dentro de campo com um belo gol. E falou sobre a situação na saída para o intervalo. "É normal essa procura, um time grande como o Vasco precisa de plantel. Preciso fazer meu trabalho e aproveitar as oportunidades", afirmou.

CRB 1 X 2 VASCO 

Local: Rei Pelé, Maceió (AL) 
Data: 25/6/2016 (sábado)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP) 
Auxiliares: Anderson José de Moares Coelho (SP) e Oberto Santos da Silva (PB) 
Cartões amarelos: Olívio e Diego Jussani (CRB); Marcelo Mattos, Nenê e Luan (Vasco) 
Gols: Lúcio Maranhão, aos 26min, Leandrão, aos 29min do primeiro tempo; Andrezinho, aos 12min do segundo tempo

CRB
Juliano, Bocão, Flavio Boaventura, Diego Jussani e Diego; Olívio, Matheus Galdezani, Luidy (Rafael Gaúcho) e Dakson (Gerson Magrão); Lúcio Maranhão e Welinton Júnior (Assisinho)
Técnico: Mazola Júnior

VASCO
Martin Silva, Madson (Yago Pikachu), Luan, Aislan e Julio Cesar (Henrique); Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique (Eder Luis) e Leandrão
Técnico: Jorginho

UOL Cursos Online

Todos os cursos