Lateral do Vasco critica arbitragem e diz: 'pênalti mal marcado não entra'

Do UOL, em São Paulo

Por pouco que o Vasco não desperdiçou a vitória de 2 a 1 sobre o CRB na tarde deste sábado, no estádio Rei Pelé. Nos minutos finais do jogo, o árbitro – após aviso do assistente – marcou pênalti de Aislan em cima de Galdezani. A penalidade, porém, foi defendida por Martin Silva, que foi o grande nome do jogo e garantiu mais três pontos para o time vascaíno.

No lance, ocorrido aos 43min do segundo tempo, Galdezani recebeu uma carga do zagueiro Aislan. Para o árbitro, lance normal. Mas para o assistente, jogada faltosa. Avisado pelo bandeira, o juiz – que inicialmente tinha mandado a jogada seguir – mudou sua decisão e marcou pênalti a favor do time da casa.  

Para Madson, o pênalti não aconteceu. "Pênalti inexistente, o juiz estava a cinco metros do lance, o bandeira que marcou. Pênalti mal marcado não entra", disse o lateral vascaíno, que ainda falou sobre a vitória. "Sempre muito difícil jogar aqui", completou.

A vitória levou o Vasco aos 28 pontos, deixando-o com cinco a mais que o vice-líder Ceará (23) e oito a mais que o quinto colocado Luverdense (20). O time comandado por Jorginho volta a campo na terça-feira para encarar o Paraná em São Januário, às 20h30.

UOL Cursos Online

Todos os cursos