Má fase de Nenê não preocupa Jorginho: "vai voltar a ser protagonista"

Do UOL, em São Paulo

  • Carlos Gregório Jr/Vasco

    Nenê voltou a passar em branco no último sábado, contra o CRB

    Nenê voltou a passar em branco no último sábado, contra o CRB

Principal destaque do Vasco desde a metade do ano passado, Nenê não vem sendo, nos últimos jogos, o mesmo camisa 10 ao qual o torcedor se acostumou desde a sua contratação. O meia voltou a decepcionar na vitória por 2 a 1 sobre o CRB, no último sábado, no estádio Rei Pelé, e passou em branco pelo sexto jogo consecutivo na Série B do Campeonato Brasileiro.

Nenê não balança as redes desde a vitória por 1 a 0 sobre o Oeste, em 31 de maio. Desde então, foram seis jogos sem balançar as redes – e mais um como desfalque, contra o Atlético-GO. Caso não marque na próxima rodada, ele terminará o mês de junho sem marcar um gol sequer.

Ainda assim, o meia continua como artilheiro da Série B, com oito gols, mas agora com alguns jogadores em sua cola: Gustavo, do Criciúma, tem sete, enquanto Felipe Garcia, do Brasil de Pelotas, e Bill, do Ceará, têm seis gols cada.

Apesar da má fase de seu camisa 10, o técnico Jorginho mostra-se tranquilo em relação a Nenê e diz ter certeza de que, em breve, ele voltará a ser decisivo para o Vasco na sequência da temporada.

"Ele tem que estar bem atento em relação a isso [forte marcação dos adversários]. Os caras estão chegando e fazendo faltas desleais nele. Mas a qualquer momento ele vai voltar ser o protagonista de vários jogos", disse o treinador em entrevista coletiva no último sábado.

Com Rodrigo de volta, mas sem Marcelo Mattos, suspenso, o Vasco volta a campo na próxima terça-feira para encarar o Paraná, em São Januário, às 20h30, pela 13ª rodada da Série B.

"O Marcelo [Mattos] é um jogador extremamente importante, mas ainda bem que temos jogadores de qualidade", acrescentou Jorginho, que ainda não revelou quem será seu substituto na partida de terça-feira: Diguinho ou William Oliveira.

UOL Cursos Online

Todos os cursos