Idade vira problema no Vasco, mas Jorginho não usa jovens e pede reforços

Do UOL, em São Paulo

  • Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

    Praticamente todos jogadores da foto têm mais de 30 anos

    Praticamente todos jogadores da foto têm mais de 30 anos

O Vasco tem caído de produção na Série B e passou a ter a liderança ameaçada pelo Atlético-GO, após derrota para o Avaí, neste sábado. Uma das explicações para isso pode ser a alta média de idade dos principais jogadores, que não têm aguentado bem a sequência de jogos. O técnico Jorginho reconhece que precisa de um elenco maior e quer reforços, até porque pretende usar os jovens do grupo com cautela.

"Temos uma equipe muito bem condicionada fisicamente. Não é só uma questão de idade. É uma questão realmente de você ter um plantel com um bom número. Temos um plantel bem reduzido. Mas a diretoria está atenta em relação às necessidades. Teremos reforços", prometeu.

Entre os jogadores mais escalados por Jorginho, a maioria tem mais de 30 anos: Martín Silva (33), Rodrigo (35), Júlio César (34), Marcelo Mattos (32), Julio Dos Santos (33), Andrezinho (32), Nenê (34), Jorge Henrique (34), Éder Luís (31) e Leandrão (32).

É claro que isso pode ser importante por causa da experiência que esses atletas acrescentam. Mas chama atenção a cautela de Jorginho com os jovens. Sem Luan, lesionado, ele usou um exemplo na zaga para se explicar: "não é fácil chegar e colocar um jogador tão jovem. Se eu precisasse colocar o Barbosa (zagueiro de 20 anos), não é tão simples assim. Ele treinou com a gente só dois dias. Não é fácil". Então Jorginho preferiu escalar Aislan, de 28 anos, que falhou contra o Paraná e teve atuação insegura contra o Avaí. O primeiro reforço que deve chegar ao clube é exatamente para essa posição: o zagueiro Rafael Marques, 32 anos.

Só resta aos jovens mostrarem trabalho e convencerem Jorginho a cada oportunidade dada. Foi o que fez Caio Monteiro, que entrou no 2º tempo do jogo contra o Avaí, mostrou muita movimentação e fez o único gol vascaíno. Outros atletas promissores, como William, Evander e Thalles, também podem ganhar mais espaço se souberem fazer o mesmo. Só assim eles mostrarão a Jorginho que o elenco não é tão fraco assim e nem precisa de tantos reforços.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos