Bahia joga mal, perde e é vaiado na Fonte Nova. Sobrou até para o Brocador

Do UOL, em São Paulo

  • EC Bahia/Divulgação

O Bahia voltou a decepcionar a sua torcida na noite desta terça-feira. Em jogo disputado na Arena Fonte Nova, válido pela 15ª rodada da Série B, o time tricolor jogou mal e acabou derrotado por 1 a 0 pelo Vila Nova. O único gol da partida foi marcado pelo atacante Fabinho, ex-Guarani e Cruzeiro.

É o terceiro tropeço do Bahia dentro da Fonte Nova nesta Série B. Antes, o time tricolor já havia empatado sem gols com o Náutico e perdido por 2 a 1 do Londrina, resultado que provocou a demissão do técnico Doriva. É ainda a sexta derrota nos últimos sete jogos.

Com o resultado, o Bahia estaciona nos 20 pontos e fica, pelo menos por enquanto, com o nono lugar da tabela – podendo terminar a rodada em 12º. Já o Vila Nova, do técnico Guilherme, ex-Corinthians e Atlético-MG, chega ao segundo triunfo seguido, vai aos mesmos 20 pontos do Bahia e sobe para a décima colocação.

Sem conseguir criar jogadas, o Bahia foi pressionado no fim do primeiro tempo e só não foi para o intervalo porque Jean fez milagre. Mas na etapa final, o time tricolor não resistiu.

Aos 10min, Jean Carlos cruzou da esquerda na segunda trave e Fabinho, mesmo baixinho, apareceu para mandar de cabeça para as redes e marcar o único gol do jogo.

Vaias até para Hernane e gritos de 'queremos jogador'

As vaias, que já haviam começado no fim do primeiro tempo, aumentaram após o gol do Vila. Sobrou até para o artilheiro Hernane, que deixou o campo aos 25min do segundo tempo (por conta de uma lesão) e foi vaiado por parte da torcida. Já no fim do jogo, vieram os gritos de "queremos jogador".

Perdeu a cabeça...

Já nos acréscimos da partida, o lateral Hayner perdeu a cabeça, deu uma cotovelada em Marcelo Cordeiro na frente do banco de reservas do Vila Nova e acabou expulso.

UOL Cursos Online

Todos os cursos