Vasco vence em casa após quase um mês e mantém liderança na Série B

Do UOL, em São Paulo

  • Paulo Fernandes/Vasco/divulgação

A sequência negativa do Vasco em São Januário chegou ao fim neste sábado. O clube carioca venceu o Brasil de Pelotas em casa por 2 a 0, foi aos 31 pontos e manteve a liderança na Série B. Os gols foram anotados por Nenê e Luan. 

A equipe de Jorginho não ganhava em seu estádio desde o dia 14 de junho, quando bateu o Náutico por 3 a 2. Desde então, sofreu derrotas em casa para Paysandu e Paraná e viu os concorrentes se aproximarem na tabela. 

No próximo sábado, às 18h30, o Vasco encara o Luverdense fora de casa. Jorginho não poderá contar com Nenê, que recebeu o terceiro amarelo neste sábado. Na mesma data e horário, o Brasil de Pelotas recebe o Vila Nova. 

Artilheiro, Nenê conduz o Vasco à vitória

Um belo gol, uma assistência, toques refinados e muita liderança. Principal referência do Vasco, Nenê comanda boa parte das ações ofensivas da equipe. Com 10 gols na Série B, ele é o artilheiro da competição e a maior esperança de que o clube carioca conquistará o acesso.

Vasco começa bem, mas cai de produção no 1º tempo

O Vasco começou a partida disposto a fazer seu torcedor esquecer as derrotas diante de Paraná e Avaí. Logo aos 3 minutos, em uma falta de longa distância, o zagueiro Rodrigo obrigou o goleiro Luiz Müller a fazer boa defesa.

Com o Brasil de Pelotas recuado, o Vasco aproveitou para trocar passes e pressionar o adversário. Aos 9 minutos, Thalles tocou de cabeça, Nenê dominou com classe entre os zagueiros da equipe gaúcha e invadiu a área. O camisa 10 chutou com firmeza no canto direito e não deu chances para o goleiro Luiz Müller.

A partir da segunda metade da primeira etapa, o Vasco perdeu volume de jogo e passou a ser ameaçado pelo Brasil de Pelotas. Dependente da bola parada, o time da casa voltou a sofrer com os contragolpes e quase viu os xavantes quase empatarem aos 48. Ramon, que já havia desperdiçado um gol incrível, saiu cara a cara com Jordi, mas falhou mais uma vez na finalização.

Luan retorna e salva o Vasco

A defesa representou uma preocupação para Jorginho nas últimas rodadas. Aislan, substituto de Luan nas derrotas contra Paraná e Avaí, não foi bem e recebeu muitas críticas da torcida.

Recuperado de uma contratura lombar, Luan voltou ao time titular neste sábado. Aos 20 minutos, o zagueiro voltou a mostrar sua importância para a equipe e participou de um lance incrível.

Em um lance confuso, a bola resvalou nos dois zagueiros vascaínos e bateu na trave direita. Na sobra, Ramon teve o gol vazio para igualar o placar, mas foi interceptado por Luan, que afastou para a linha de fundo.

Gol de Luan dá tranquilidade ao Vasco 

A partida continuou amarrada no início da segunda etapa, já que as duas equipes tinham dificuldades na transição do meio-campo para o ataque.
 
Logo após as mudanças promovidas pela comissão técnica, o Vasco e ampliou o placar em uma jogada ensaiada. Luan aproveitou cruzamento de Nenê aos 26 e tocou para as redes. Era o que o time da casa precisava para voltar a controlar as ações e tocar a bola até o apito final. 

Lambança do árbitro revolta elenco vascaíno

O árbitro Alisson Sidnei Furtado protagonizou uma lambança no segundo tempo. Aos 18 minutos, Nenê cruzou, a bola bateu na mão de Washington e Furtado marcou pênalti. Em seguida, alegando que o volante do Brasil de Pelotas estava com o braço recuado, ele voltou atrás e revoltou o elenco carioca. 

Marcado por goleada, Jordi substitui Martín Silva

A suspensão do uruguaio Martín Silva fez com que o goleiro Jordi, cria das categorias de base do Vasco, voltasse ao time titular. O jovem de 22 anos participou de um dos maiores vexames cruzmaltinos em 2015: a goleada por 6 a 0 sofrida para o Internacional, no Beira-Rio.

Até entrar em campo neste sábado, o goleiro havia atuado em nove partidas em 2016, com oito gols sofridos.

Roupa nova

A partida contra o Brasil de Pelotas marcou o lançamento do novo uniforme do Vasco. As principais diferenças em relação ao modelo anterior estão na gola e nas laterais abaixo das mangas. 
 

 

FICHA TÉCNICA

Vasco 2 x 0 Brasil de Pelotas
Data: 09/07/2016 (sábado)
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Natal da Silva Ramos Júnior (TO)
Cartões amarelos: Nenê, Madson, Andrezinho, Rodrigo (Vasco); Weldinho, Marlon (Brasil de Pelotas)

Gols: Nenê, aos 9 minutos do primeiro tempo. Luan, aos 26 minutos do segundo tempo

VASCO

Jordi, Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Henrique (Yago Pikachu), Andrezinho (Diguinho) e Nenê; Caio Monteiro (William) e Thalles

Técnico: Jorginho

BRASIL DE PELOTAS

Luiz Müller; Weldinho, Teco, Leandro Camilo e Marlon; Leandro Leite, Nem (Clébson), Washington e Diogo Oliveira (Nathan); Felipe Garcia e Ramon (Nena).

Técnico: Rogério Zimmermann

UOL Cursos Online

Todos os cursos