Bahia joga mal e só não perde do lanterna por conta de pênalti perdido

Do UOL, em São Paulo

A semana de treinos em Porto Seguro (BA) não adiantou. Após dez dias sem jogos e de muito trabalho, o Bahia voltou a campo na noite desta sexta-feira e mais uma vez teve uma atuação para ser esquecida. E só não deixou o Castelão-MA derrotado porque o Sampaio Corrêa desperdiçou um pênalti no segundo tempo – Elias cobrou na trave. Placar final: 0 a 0.

Com o resultado, o Bahia – que vinha de seis derrotas nos últimos sete jogos – chega a 21 pontos e fica, pelo menos por enquanto, com a décima colocação da tabela. Já o Sampaio Corrêa, dono da pior defesa (24 gols sofridos) e do pior ataque (9) da Série B, vai a 11 pontos e continua na lanterna da tabela.

Apesar do alto índice de bola rolando (mais de 70% durante praticamente quase todo jogo), o torcedor que compareceu ao Castelão não viu gols. E nem chances deles, exceção feita a raros lances. Na mais perigosa das oportunidades, após pênalti de Tinga em Edgar, Elias bateu na trave e desperdiçou a chance de o time maranhense deixar a lanterna.

Bruxa solta?

Mal começou o jogo e Guto Ferreira já perdeu o atacante Edigar Junio, que deixou o campo aos 13min por conta de um problema muscular. Já na segunda etapa, foi a vez de Lucas Fonseca e Jean se chocarem e o zagueiro levar a pior. Foi substituído aos 5min com uma lesão no quadril – que preocupa – e já foi direto para os vestiários, carregado na maca.

UOL Cursos Online

Todos os cursos