Que fase! Vasco perde para Vila Nova e chega a cinco jogos sem vencer

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Definitivamente o Vasco vive o pior momento na temporada. Nesta terça-feira, a equipe foi surpreendida e perdeu por 2 a 1 para o Vila Nova, em São Januário - Maguinho e Moisés marcaram para os goianos e Douglas descontou para os cariocas. Esse é o quinto jogo do Cruzmaltino em sequência sem vitórias – duas derrotas e três empates. A última vitória do Vasco ocorreu há exato um mês, no dia 30 de julho, quando bateu o Criciúma, no Rio.

Apesar da série negativa, o Vasco segue na liderança da Série B, com 41 pontos. O Cruzmaltino volta a campo no sábado, quando medirá forças com o Bahia, na Fonte Nova, em Salvador.

Artilheiro na década de 90, Guilherme reencontra Vasco

A partida marcou o reencontro do Vasco com o artilheiro Guilherme, hoje treinador do Vila Nova. O ex-atacante defendeu o clube de São Januário por duas temporadas: 1998 e 1999. Foram 14 gols em 28 jogos, média de 0,5 por partida. Antes do duelo, o comandante rasgou elogios ao Cruzmaltino e disse que é o único time garantido na Série A de 2017.

Vila Nova surpreende Vasco com contra-ataques e faz dois gols em 20min

O Vila Nova sentiu que o Vasco estava inseguro sem os principais jogadores. Com esquema armado para aproveitar os contra-ataques, os goianos surpreenderam os donos da casa. Com 20min do primeiro tempo, os visitantes já ganhavam por 2 a 0 e levavam perigo ao roubar a bola do Cruzmaltino.

Sem destaques, Vasco aposta em jovens. Faltou combinar com o Vila Nova...

O Vasco entrou em campo pressionado pelos resultados ruins. Para piorar, o técnico Jorginho teve que utilizar caras novas já que Martín, Nenê, Andrezinho e Jorge Henrique eram desfalques. A opção foi apostar em jovens da categoria de base. Jordi, Douglas, Thalles e Evander, tratado como joia no clube.

Diguinho + passe errado = vaias da torcida em São Januário

Com o desempenho ruim do time, a torcida do Vasco explodiu com um jogador. Diguinho errou alguns passes no início de jogo e passou a ser perseguido pelos vascaínos nas arquibancadas. A cada toque na bola, apupo. Na saída para o intervalo, xingamentos: "Ei, Diguinho, vai tomar no...". Foi substituído no vestiário.

No 1º jogo como titular, jovem volante faz golaço e cai nas graças da torcida

Logo em seu segundo jogo como profissional, Douglas recebeu oportunidade para ser titular do Vasco. O Vila Nova abriu 2 a 0 e deixou o clima tenso em São Januário. Apesar da pouca idade, o volante não se sentiu pressionado e fez bela partida. Aos 9min do segundo tempo, marcou um golaço de fora da área e caiu nas graças da torcida.

VASCO 1 X 2 VILA NOVA

Data e hora: 30/08/2016, às 20h30 (horário de Brasília)
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Sebastiao Rufino Ribeiro Filho (PE)
Auxiliares: Gilberto Freire de Farias (PE) e Ailton José dos Santos Junior (PE)
Gols: Maguinho, aos 5min, e Moisés, aos 20min do primeiro tempo; Douglas, aos  9min do segundo tempo;
Cartões amarelo: Saulo, Fagner e Victro Bolt (VIL) Luan e Rodrigo (VAS)

Vasco
Jordi, Pikachu, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Diguinho (Madson), Julio dos Santos (Henrique), Douglas e Evander (Éder Luis); Thalles e Ederson
Técnico: Jorginho

Vila Nova
Saulo; Maguinho, Guilherme, Vinicius e Roger; Reginaldo, Fagner (Reniê), Victor Bolt e Jean Carlos (Fernando); Moises e Patrick (Fabinho)
Técnico: Guilherme Alves

UOL Cursos Online

Todos os cursos