Vasco perde para Bahia, completa cinco jogos sem vencer, mas ainda é líder

Do UOL, em São Paulo

  • Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

A má fase se instalou de vez no Vasco, neste sábado, na Série B. O time cruzmaltino perdeu pela segunda vez consecutiva, agora para o Bahia, por 1 a 0, na Arena Fonte Nova, e completou cinco jogos de jejum de vitórias. O único consolo é que mesmo assim a equipe carioca lidera, com 41 pontos, dois a mais que Brasil-RS e Atlético-GO. Já o Bahia, que contou com 35 mil torcedores em casa, comemora a vitória por finalmente se consolidar perto do G-4, com 35 pontos. O CRB está em quarto, com 37 pontos, mas ainda jogará neste sábado.

O jogo começou bastante lento, com os times passivos em campo. Quando um atacava, o outro se fechava facilmente e evitava qualquer lance de emoção. Isso só começou a mudar aos 32min, quando Jackson fez um gol de cabeça.

O Vasco ficou abalado por ter sofrido o gol, mas voltou melhor para o segundo tempo e logo teve uma boa chance de gol com Jorge Henrique. Isso até deu espaço para o Bahia jogar como queria, no contra-ataque, mas o time cometeu muitos erros no último terço do campo e esteve longe de fazer o segundo gol.

Pênalti ou gol?

Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br.

Aos 32min, a torcida do Bahia reclamou por causa de um pênalti não marcando, alegando que a bola tinha batido na mão de Marcelo Mattos. O juiz só deu escanteio, mas foi exatamente desse cruzamento que saiu o gol de Jackson, de cabeça.

Compensação

O zagueiro Jackson tinha falhado no jogo anterior do Bahia, contra o Joinville, logo no último lance que determinou o empate. Ele errou o tempo de bola e deixou Jael fazer o gol de cabeça. Dessa vez o cabeceio dele foi perfeito gerou a compensação.

Quem decepcionou: Nenê

De volta após ter sido poupado fisicamente, o camisa 10 era a grande esperança de recuperação do Vasco. Porém, sua atuação foi bastante apagada e com pouca contribuição para o time. Depois do intervalo, ele inclusive saiu furioso: "não estamos conseguindo chegar ao gol. Eles estão se segurando muito, fazendo falta que o juiz não está dando, mas vamos superar isso aí". Não superou. 

Quem lembra?

A última vitória do Vasco na Série B foi contra o Criciúma, na 18ª rodada, em 30 de julho. Naquela partida, Éderson e Thalles decidiram o triunfo por 2 a 1.

BAHIA 1 x 0 VASCO

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA) 
Data: 03/09/2016 (sábado)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Auxiliares: Márcio Gleidson Correia Dias (PA) e Hélcio Araujo Neves (PA)
Cartões amarelos: Rafael Marques (BAH), Renato Cajá (BAH), Muriel (BAH), Rodrigo (VAS), Andrezinho (VAS) e Rafael Marques (VAS)
Gol: Jackson, aos 32min do 1º tempo 

BAHIA
Muriel; Tinga, Tiago, Jackson e Moisés; Juninho, L. Antônio e Renato Cajá (Régis); Victor Rangel (João Paulo Queiroz), Edigar Junio e Hernane (Zé Roberto)
Técnico: Guto Ferreira

VASCO
Jordi, Yago Pikachu, Rafael Marques, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos (Júnior Dutra), Douglas Luiz, Nenê e Andrezinho; Jorge Henrique (Eder Luis) e Ederson (Thalles)
Técnico: Jorginho

UOL Cursos Online

Todos os cursos