Coadjuvante no Vasco, Pikachu revive idolatria no reencontro com ex-clube

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

    Yago Pikachu já avisou que não irá comemorar se fizer gol no Paysandu

    Yago Pikachu já avisou que não irá comemorar se fizer gol no Paysandu

Foram 221 jogos e 62 gols atuando como lateral direito. A trajetória de Yago Pikachu no Paysandu o coloca como o principal ídolo do clube nos últimos anos. Nesta terça-feira, às 21h30, no estádio Mangueirão, atuando pelo Vasco, ele reencontrará o torcedor do Papão e voltará a sentir o gostinho do status de estrela.

No Cruzmaltino, embora tenha conquistado a condição de titular recentemente, o jogador fica em segundo plano em relação a atletas mais renomados como Nenê, Andrezinho e Martín Silva no quesito badalação com a torcida.

Esta será a segunda vez que Pikachu enfrenta o ex-clube. No primeiro turno, na derrota por 2 a 0 em São Januário, o lateral foi reverenciado pelos torcedores bicolores e cumprimentado por todos os atletas, comissão técnica e funcionários. Assim como naquela oportunidade, ele já avisou que não irá comemorar em caso de gol.

"Se eu fizer um gol diante do Paysandu, em Belém, não pretendo comemorar, mas quero ganhar o jogo", disse à TV Band.

Pikachu volta ao time após cumprir suspensão na derrota para o Náutico por 3 a 1. Na ocasião, foi substituído por Madson, que fez o gol de honra.

A disputa pela posição entre os dois está acirrada desde o início da temporada.

PAYSANDU X VASCO
Local:
Mangueirão, em Belém (PA)
Hora: 21h30
Árbitro: Francisco de Paula dos Santos (RS)
Auxiliares: Lucio Beiersdolf Flor (RS) e Maurício Coelho Silva Penna (RS)

Paysandu
Emerson; Edson Ratinho, Gualberto, Gilvan e Lucas; Rodrigo Andrade, Jhonnatan, Rafael Costa e Tiago Luís; Jobinho e Leandro Cearense
Técnico: Dado Cavalcanti

Vasco
Martín Silva, Madson, Rodrigo, Luan e Julio Cesar; Douglas, Julio dos Santos, Yago Pikachu e Andrezinho; Júnior Dutra e Ederson
Técnico: Jorginho

UOL Cursos Online

Todos os cursos