Guto pede trégua à torcida por vaias a Hernane: "vamos parar um pouquinho"

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Hernane ainda é o artilheiro do Bahia na temporada, com 19 gols marcados

    Hernane ainda é o artilheiro do Bahia na temporada, com 19 gols marcados

Apesar da goleada de 4 a 0 sobre o Tupi-MG no último domingo, na Fonte Nova, parte da entrevista coletiva de Guto Ferreira após o jogo foi em tom de desabafo. O motivo? As vaias da torcida ao atacante Hernane, que não balança as redes há quatro rodadas na Série B.

De acordo com o técnico, Hernane vem se dedicando bastante e não deve ser julgado apenas pelos gols, e sim por tudo que contribui em campo como, por exemplo, a marcação.

"A gente não está botando qualquer um para dentro do campo. Estamos estudando e esperando o momento. E mais do que nunca. O torcedor gritando o tempo todo: 'Tira o Hernane, tira o Hernane'. Pô, estamos ganhando de 4 a 0 e você preocupado com meu centroavante. Os gols estão saindo. Ele merece estar nessa pressão?", questionou.

"Vamos parar um pouquinho e ver até onde estamos nos ajudando. Você acha que ele não se cobra? Acha que ele está no dia a dia roubando? Pô, o cara está trabalhando pra caramba. A função dele não se resume a guardar e fazer gol. Toda essa marcação sob pressão que fizemos, ele o [Renato] Cajá marcaram muito, marcaram muito", acrescentou o treinador.

Na sexta colocação da tabela com 46 pontos, a apenas dois do G-4, o Bahia se prepara para encarar o concorrente direto Brasil de Pelotas em jogo que acontece na sexta-feira, às 21h30, na Arena Fonte Nova, pela 31ª rodada da Série B.

UOL Cursos Online

Todos os cursos