Frustrado, Nenê reclama de irregularidade em gols do Brasil de Pelotas

Do UOL, em São Paulo

  • Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

    O jogador quer se distanciar do quinto colocado, o Avaí, que tem apenas 3 pontos a menos

    O jogador quer se distanciar do quinto colocado, o Avaí, que tem apenas 3 pontos a menos

O único jogador do Vasco a falar com a arbitragem após a derrota por 2 a 1 para o Brasil de Pelotas foi Nenê. Insatisfeito com o resultado que afasta o clube da liderança da Série B, o meia acusou a arbitragem de permitir dois gols irregulares para o adversário no Estádio Bento de Freitas.

"A frustração é muito grande. No primeiro gol dos caras, a bola bateu na mão; no segundo, me pareceu que estava impedido", apontou o jogador na saída do gramado ao site da Globo.

O primeiro gol da equipe xavante foi marcado por Diogo Oliveira em belo chute de fora da área. O segundo saiu já aos 41 minutos do segundo tempo, quando Marcos Paraná recebeu de Ramon e concluiu para a rede – apesar da reclamação de Nenê, Madson dava condição ao atacante na jogada.

Douglas Luiz foi o autor do único gol cruz-maltino na partida. "Não é desculpa, mas infelizmente isso ocorre toda vez, é complicado. Tínhamos que ter ganhado o jogo para nos distanciarmos do quinto", lamentou Nenê. Neste momento, quatro pontos separam o Vasco do Atlético-GO, líder da competição. O Avaí, primeiro time fora do G-4, tem três a menos.

Quer receber notícias do Vasco de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos