Vasco enterra expectativa com arrancada inicial e já deixa título de lado

Do UOL, em São Paulo

  • Carlos Gregório Jr./Vasco

    Para o treinador, a arrancada no início criou a ilusão de que a Série B seria mais fácil

    Para o treinador, a arrancada no início criou a ilusão de que a Série B seria mais fácil

O momento no Vasco é de reajuste de expectativas. A equipe que liderou a Série B do Campeonato Brasileiro até a 28ª rodada agora já enxerga o desfecho de seu 2016 sem taça: todos os esforços se concentram no retorno à primeira divisão.

"O Atlético-GO vencendo dificulta tudo, ficam a seis pontos de diferença e restam só quatro jogos. A gente teria que ganhar tudo, e os caras perderem pelo menos duas. Vamos continuar acreditando, mas com certeza o objetivo é subir, porque no Vasco não vai existir nenhuma foto de time campeão da Série B de 2016", disse Jorginho.

A preocupação do treinador gira em torno da proximidade do Náutico, primeiro time fora do G-4 da competição com apenas quatro pontos a menos – doze ainda estarão em disputa nas quatro rodadas restantes. Na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), a equipe recebe o Luverdense em São Januário.

"No início, pela arrancada que nós tivemos, criou-se uma expectativa muito grande de que a coisa seria mais simples, mas não é. Perdemos a gordura que tínhamos e agora a coisa está bem apertada. Hoje, com certeza, o mais importante é nós subirmos. Temos que correr atrás do prejuízo. Só dependemos da gente, não precisamos depender de outros resultados. É fundamental que a gente mantenha dessa forma, para não dependermos de ninguém", disse o comandante.

UOL Cursos Online

Todos os cursos