Vasco cede empate ao Luverdense e vive drama na reta final da Série B

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes/Divulgação C. R. Vasco da Gama

    Vasco está a apenas dois pontos do primeiro time fora do G-4 da segunda divisão

    Vasco está a apenas dois pontos do primeiro time fora do G-4 da segunda divisão

O Vasco vive um drama na reta final da Série B. Nesta terça-feira (9), pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco saiu à frente do placar, mas cedeu o empate ao Luverdense em São Januário e chegou ao terceiro jogo sem vitória na competição. 

Thales marcou para os donos da casa, mas Alfredo deixou tudo igual para os visitantes. Com o empate, o Vasco fica na terceira posição, com 59 pontos, mesma contagem do Bahia, segundo colocado. No entanto, viu a diferença para o primeiro time fora do G-4, o Naútico, cair para apenas dois pontos. 

A partida desta terça ainda ficou marcada pelo baixo público em São Januário, poucos mais de 2.500 pagantes, e pela proibição do Vasco às torcidas organizadas Guerreiro do Almirante e Torcida Jovem de entrarem no estádio.

Vasco afasta pressão no primeiro tempo com gol de Thales

O time de Jorginho não começou bem a partida. Mais tranquilo em campo, o Luverdense levou perigo pelo menos duas vezes nos minutos iniciais, forçando Jordi fazer boa defesa aos quatro minutos. Com o passar do tempo, o Vasco foi se encontrando no jogo, principalmente pelos pés de Nenê. E foi camisa 10, aliás, que surgiu o passe milimétrico para Thales abrir o placar aos 20 minutos.

Cara a cara com o goleiro Diogo Silva, velho conhecido do torcedor Cruzmaltino, Thales bateu rasteiro e colocado para aliviar o clima de pressão que rondava a Colina. Mesmo pós sair à frente, o Vasco não conseguiu dominar completamente o Luverdense, que assustava pelas descidas nas laterais, embora não tenha produzido nenhuma grande chance de gol. Apesar disso, o time não sofreu grandes sustos.

Luverdense empata no segundo tempo e Vasco sente o baque

Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Se o primeiro tempo serviu para tirar a pressão do Vasco, o início da etapa final serviu para trazê-la de volta. Logo aos sete minutos, Jordi deu rebote em cobrança de escanteio desviada, e Alfredo aproveitou a sobra para testar às redes. E o Vasco sentiu o gol.

O Cruzmaltino chegou com perigo apenas aos 27 minutos, com Julio César após passe de Nenê. Mais uma vez, Diogo Silva evitou o gol do Vasco. À vontade no jogo, o Luverdense continuou chegando bem em velocidade pelas laterais, assustando a torcida em São Januário.

Ex-Vasco, Diogo Silva salva o Luverdense

Apontado por muitos vascaínos como um dos responsáveis pelo rebaixamento da equipe em 2013, o goleiro Diogo Silva fez uma grande partida. Ele foi xingado e vaiado na entrada de campo, mas deu o troco à altura: fechou o gol dos visitantes e evitou a vitória do Vasco em chute de Luan aos 40 minutos do segundo tempo. No finzinho, em bate-rebate na pequena área, ele ainda salvou o Luverdense mais uma vez.

Diretoria proíbe entrada de organizadas

Por determinação da diretoria, as torcidas organizadas Guerreiros do Almirante e Força Independente foram proibidas de entrar em São Januário. A alegação do Vasco é que a medida foi tomada para evitar transtornos.

Além disso, o setor da social onde fica a parcela mais crítica da torcida foi isolado. O motivo apresentado foi a presença dos andaimes que estão sendo utilizados para pintar a marquise. O setor, aliás, fica ao lado da sala da Presidência, onde Eurico Miranda costuma assistir aos jogos do Vasco. No último jogo em São Januário, contra o Avaí, ele foi alvo de críticas e protesto.

Aproveitamento do Vasco despenca no segundo turno

Dois números resumem a campanha do Vasco na Série B. O Gigante da Colina teve 68% de aproveitamento no turno da competição, mas tem apenas 41% no returno da competição.

Desfalques fazem Jorginho mexer no time

O Vasco teve três desfalques para o jogo desta terça. Sem poder contar lateral direito Madson e o volante Douglas, suspensos, e com o goleiro Martin Silva, que se apresentou à seleção uruguaia para as Eliminatórias da Copa, Jorginho precisou mexer na equipe. Escalou Jordi gol e Yago Pikachu na lateral direita, enquanto apostou em Bruno Gallo como segundo homem no meio de campo. 

Quer receber notícias do Vasco de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

FICHA TÉCNICA
VASCO DA GAMA 1 X 1 LUVERDENSE

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 8 de novembro de 2016 (Terça-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
Gols: Thales, 20' do 1º tempo; Alfredo, 7' do 2º tempo

VASCO: Jordi, Yago Pikachu, Luan, Rodrigo e Julio Cesar (Alan Cardoso); William (Júnior Dutra), Bruno Gallo, Andrezinho e Nenê; Éderson (Jorge Henrique) e Thales.
Técnico: Jorginho

LUVERDENSE: Diogo Silva, Raul Prata, Everton, Gabriel Valongo e Paulinho; Jean Patrick, Ricardo, Rafael Silva (Raphael Macena) e Sérgio Mota; Douglas Baggio e Alfredo.
Técnico: Júnior Rocha

UOL Cursos Online

Todos os cursos